Juiz relata motivo de expulsão de Oswaldo na súmula e técnico deve ser julgado

Treinador foi expulso contra a Portuguesa

Por pedro.logato

Rio - A partida contra a Portuguesa não trouxe apenas boas notícias para o Botafogo. Na vitória que manteve o Alvinegro na liderança do Brasileiro, o treinador Oswaldo de Oliveira foi expulso no intervalo pelo árbitro do jogo, Alício Pena Júnior.

Oswaldo foi expulso contra a LusaAndré Mourão / Agência O Dia

No vestiário, o treinador afirmou que não sabia o motivo da expulsão, mas o mineiro relatou na súmula porque tirou o comandante alvinegro na beira do campo.

"Após o término do primeiro tempo e ainda dentro do campo de jogo, expulsei o sr. Oswaldo de Oliveira Filho, técnico da equipe do Botafogo, por reclamar de forma acintosa e persistente contra as decisões da arbitragem, proferindo as seguintes palavras: "Você está errando só contra nós! Apita igual para os dois times, me desculpe pelos erros que você cometeu". Por fim, digo que o referido técnico deixou o campo de jogo normalmente", afirmou.

Apesar da expulsão, Oswaldo de Oliveira deve dirigir o time na partida de domingo, contra o Atlético-PR, no Durival de Britto. Treinadores não cumprem suspensão automática, mas ele irá a julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia