Má fase cai na conta de Oswaldo

Torcida considera treinador como culpado pela queda de rendimento do time. Jogadores minimizam situação

Por rafael.arantes

Rio - A campanha vitoriosa no Carioca e o bom primeiro turno no Brasileirão já ficaram para trás. A desconfiança em cima do trabalho de Oswaldo de Oliveira voltou com força total depois que o time completou três jogos sem vitória, justamente no momento crucial da competição. Ao fim da partida contra a Portuguesa, a torcida hostilizou o técnico e pediu o retorno de Cuca, atualmente no Atlético-MG.

Oswaldo de Oliveira vem sendo criticado pela torcidaAndré Mourão/Agência O Dia

Os jogadores, entretanto, continuam dando total apoio ao treinador, mas não se isentam de culpa pelo mau momento vivido pelo Botafogo. Existe a promessa de total empenho para que a vaga na Libertadores no ano que vem não seja perdida.

“Eu, particularmente, não ouvi o torcedor gritar (o nome do Cuca), mas fiquei sabendo. Ele tem o direito de falar o que quer. Nós somos profissionais, estamos no mesmo barco e se a torcida falou nome de outro técnico também é culpa dos jogadores. Vamos fazer o nosso melhor para conseguir essa vaga, que é bem difícil, mas o Botafogo vai conseguir”, afirmou o lateral-direito Edilson.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia