Botafogo briga e consegue o empate no fim contra o Corinthians

Alvinegro carioca empatou a partida com Edilson, já perto do apito final do jogo

Por victor.abreu

São Paulo - Com as duas equipes vindo de vitória, Corinthians e Botafogo se enfrentaram neste domingo, na Arena Corinthians. Os donos da casa saíram na frente, mas cederam o empate no fim do jogo. Jadson abriu o placar para o Corinthians e Edilson igualou na segunda etapa..

O jogo serviu como mais um teste da Arena Corinthians, palco de abertura da Copa do Mundo. Na estreia, os donos da casa foram derrotados pelo Figueirense, por 1 a 0. Emerson Sheik foi o principal desfalque botafoguense na partida. O jogador esteve impedido de defender a equipe carioca por dois motivos: por estar emprestado justamente pelo Timão e ainda levou o terceiro cartão amarelo no último jogo, na vitória contra o Palmeiras.

Com o empate, o Corinthians chegou aos 16 pontos, na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Já o Botafogo alcançou os nove pontos, na 14ª colocação da competição. Depois da Copa do Mundo, os cariocas visitam o Sport, na Ilha do Retiro, no dia 16 de julho. No mesmo dia, os paulistas jogam, em casa, contra o Internacional.

O JOGO

Querendo vencer a primeira partida em casa, o Corinthians buscou desde o início do jogo manter o controle de Bola. Mas a marcação do Botafogo estava bem armada. O substituto de Emerson Sheik, o argentino Ferreyra levou o primeiro cartão amarelo do jogo antes do cinco minutos de partida. Por falta dura em Ralf.

Com o jogo bastante disputado no meio-campo, os lances de perigo foram raros no início do jogo. Aos 13 minutos, Ferreyra recebeu bom cruzamento de Zeballos e cabeçou no canto direito de Walter, que realizou um milagre à queima roupa. Mas o lance já estava parado, pois o árbitro assistente já havia sinalizado impedimento corretamente.

O Botafogo apostava na bola aérea, Edilson mandava um chuveirinho em todas as bolas paradas próximas da grande área. Fora isso, os meias do time carioca tentavam explorar a altura do Tanque Ferreyra. Aos 22 minutos quase gol do Bota. Junior Cesar achou o argentino, que mandou de cabeça no cantinho de Walter, que se esticou para evitar o gol.

A resposta veio rápida. Dois minutos depois, Jadson recebeu na ponta direita driblou Bolatti cortando para o meio e bateu de esquerda, de fora da área, no canto direito do goleiro Renan para abrir o placar. Esse foi o primeiro gol do Corinthians na sua nova casa. 1 a 0.

Jadson abriu o placar para o Corinthians contra o BotafogoMurillo Constantino / Agência O Dia

Com a torcida empurrando o time corintiano. O Botafogo sentiu o gol. Aos 32 minutos, Airton fez falta em Jadson. O volante tentou roubar a bola por baixo e aproveitou o lance para atingir o rosto do adversário com o braço. O árbitro aplicou o segundo cartão para o time carioca.

No lance seguinte o Corinthians quase ampliou, Paolo Guerrero avançou na esquerda, penetrou e bateu cruzado. Renan espalmou a bola para dentro da área. Bruno Henrique se enrolou com a bola e perdeu uma chance com a baliza vazia. Com cinco finalizações, o Corinthians era quem mais assustava.

Antes do fim do primeiro tempo, Bruno Henrique arriscou de fora da área. Mas o goleiro Renan fez boa defesa, afastando o perigo de gol. No ataque do time carioca, Wallyson foi o pior nome da primeira etapa. Foi graças a Renan que o Botafogo não saiu de campo com um placar mais elástico.

Na volta do segundo tempo, Vagner Mancini colocou Daniel no lugar de Lucas. No primeiro minuto, Fábio Santos lançou a bola na área e o zagueiro Gil mandou de cabeça, na sobra Ralf tenta na divida com Renan, mas a bola vai para fora.

A reposta do Botafogo veio pouco tempo depois. Wallyson recebeu na esquerda, dentro da área, passou pelo marcador e bateu forte rasteiro. O goleiro Walter espalmou colocando para fora.

O Corinthians voltou a assustar com Petros, aos 14 minutos. O meia recebeu e bateu da entrada da área. O goleiro Renan espalmou, evitando o segundo gol corintiano. Renan teve mais trabalho logo em seguida. O mesmo Petros achou Guerrero, livre na área. O atacante bateu em cima do goleiro, desperdiçando uma boa chance de gol.

Pelas laterais o Corinthians chegava com facilidade e Bolatti não fazia bem o papel de primeiro homem de marcação. Com o time sem pressão, Vagner Mancini resolveu mexer na equipe. O treinador colocou Jorge Wagner e Gegê em campo, para tentar assumir o controle do jogo.

A alteração só deu resultado efetivo aos 33 minutos. Ferreyra recebeu de Jorge Wagner e fez bem o papel de pivô para Daniel, o meia penetrou na área mas bateu fraco, Walter não teve dificuldades para defender.

Com o Corinthians tentando diminuir o ritmo de jogo. O Botafogo cresceu na partida. Aos 41 minutos do segundo tempo, Edilson fez jogada individual e bateu cruzado. Antes de entrar a bola ainda desviou na zaga do Corinthians antes de entrar e definir o placar da partida. Final Corinthians 1, Botafogo também 1.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 1 BOTAFOGO

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Estádio: Arena Corinthians
Cartões Amarelos: Ferreyra (1ºT 3'), Airton (1ºT 32') e Edilson (2ºT 42')
Cartões Vermelhos: Nenhum
Gols: Jadson (1ºT 24') e Edilson (2ºT 41')

Corinthians: Walter, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros (Zé Paulo, 2ºT 38') e Jadson (Renato Augusto, 2ºT 35'); Romarinho (Luciano, 2ºT 22') e Guerrero. Técnico: Mano Menezes.

Botafogo: Renan, Lucas (Daniel, no intervalo), Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton (Jorge Wagner, 2ºT 25'), Bolatti, Edilson e Zeballos; Wallyson (Gegê, 2ºT 24') e Ferreyra. Técnico: Vagner Mancini.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia