Após assistir à final da Copa, Bolatti volta ao Maraca para pegar o Flamengo

Alvinegro encara Rubro-Negro neste domingo às 16 horas

Por pedro.logato

Rio - Em menos de duas semanas, Bolatti passará de torcedor na arquibancada a centro das atenções dentro de campo no Maracanã. O argentino acompanhou a final da Copa do Mundo sozinho no estádio e lamentou a derrota dos hermanos. Numa crescente no Botafogo, o volante está ansioso para voltar ao palco da decisão, agora atuando no clássico com o Flamengo.

O ingresso para a decisão do Mundial foi conseguido apenas no dia, depois da esperança ter quase acabado. À paisana, Bolatti ficou à esquerda das cabines, atrás do gol. A proximidade da torcida da Alemanha não impediu que argentinos e até alvinegros o reconhecessem, apesar do cabelo e olhos claros, característicos do povo alemão.

A derrota da Argentina não trouxe somente tristeza. O volante tirou lições a respeito da evolução do futebol e pretende colocá-las em prática para evoluir no Botafogo.

Bolatti marcou último gol do Botafogo no BrasileirãoDivulgação

“Quem entende sabe que tem muita coisa para analisar dessa Copa. Muitos esquemas diferentes e a maioria dos times tentando ir para cima, com muita mobilidade no meio e no ataque. Tive a oportunidade de assistir à final e foi muito lindo. Para mim, foi a melhor partida da Argentina, que teve as chances mais claras, mas futebol é assim”, lamentou Bolatti.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Com a chegada de Vagner Mancini, o argentino ganhou espaço no time e conseguiu a tão desejada sequência de jogos que buscava desde que veio para o clube no início do ano. O gol da vitória sobre o Coritiba na última rodada aumentou a confiança justamente na semana do clássico com o arquirrival, Flamengo. 

“Eu buscava isso. Qualquer jogador quer uma sequência porque só assim consegue ter ritmo. Estou passando um momento lindo, mas o mais importante foi que o grupo conseguiu a vitória. Temos que manter a regularidade que nos faltou nos primeiros jogos do Brasileiro”, analisou o argentino.

Inspiração não faltará para o camisa 23 no retorno ao Maracanã. Depois de sentir na pele a decepção de uma derrota vista da arquibancada, ele não quer que os alvinegros tenham o mesmo sentimento.

Mancini vai mudar o esquema no clássico

Com o retorno de Edilson, Carlos Alberto e Sheik, Vagner Mancini pretende mandar a campo um time experiente para encarar o pressionado Flamengo. O primeiro, que vinha jogando no meio-campo, deve voltar à lateral direita, mandando Lucas para o banco de reservas.

No outro lado, Julio Cesar ficará com a vaga de Junior Cesar, suspenso. O técnico do Botafogo prevê uma partida muito pegada no meio-campo e, por isso, poderá fazer modificações no sistema tático que vinha utilizando.

O 4-3-3 dará lugar ao tradicional 4-4-2, com Zeballos e Sheik formando a dupla de ataque. Walysson e Ygor Mamute tornam-se opções para o decorrer do jogo.
No meio-campo, Carlos Alberto entra e Daniel e Gabriel disputam a outra vaga para atuar ao lado de Bolatti e Airton. O último sofreu uma luxação no cotovelo esquerdo contra o Coritiba, mas deverá estar 100% até domingo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia