Jefferson salva e Botafogo segura empate por 1 a 1 com o líder Cruzeiro

Camisa 1 Alvinegro tem atuação de destaque no Maracanã

Por edsel.britto

Rio - Apesar de ser dominado a maior parte do jogo, o Botafogo conseguiu segurar o Cruzeiro e ficou no 1 a 1 com o líder no campeonato, neste sábado, no Maracanã. O grande responsável por manter a igualdade no placar foi o goleiro Jefferson, que fez defesas decisivas ao longo do segundo tempo.

FOTOGALERIA: As imagens do empate entre Botafogo e Cruzeiro no Maracanã

Com o ponto conquistado o Alvinegro se mantém na 13º colocação, mas ainda pode ser ultrapassado pelos resultados de domingo. Os gols da partida foram marcados por Edilson para os cariocas e o zagueiro Léo para os mineiros.

Em um Maracanã com grande presença da torcida cruzeirense, uma falha no sistema de venda de ingressos fez com que o consórcio que administra o estádio abrisse os portões e liberasse a entrada dos torcedores botafoguenses que estavam nas grandes filas formadas no entrono.

Emerson jogou ao lado do estreante Rogério mas a dupla de ataque não funcionouAlexandre Brum / Agência O Dia

O jogo

O Botafogo apresentou a mesma desatenção dos outros jogos nos primeiros minutos. A marcação alvinegra estava mal colocada em campo e dava espaços. Aos 4, o cruzeiro aproveitou o espaço para criar a primeira chance. Egídio recebeu passe de Ricardo Goulart e ficou completamente livre pela esquerda. O lateral dominou e finalizou muito mal, por cima. O lance acordou o Botafogo. Aos 9, o Alvinegro chegou ao ataque com perigo pela primeira vez. Edilson bateu a falta rolando para o lateral Lucas finalizar e Fábio espalmar para escanteio.

O Cruzeiro continuou achando espaço na defesa botafoguense e, aos 18, Marcelo Moreno recebeu em boa posição na área. O atacante cruzeirense dominou bem, mas bateu torto e jogou a bola para fora. Mas, aos 23, o gol do Botafogo começou a se desenhar. Edilson cobrou falta com violência e Fábio espalmou para escanteio. Aos 25, novamente os dois jogadores protagonizaram um lance chave do jogo. O meia botafoguense aproveitou cruzamento e cabeceou sem força no canto de Fábio, o goleiro do Cruzeiro escorregou no gramado e não chegou a tempo na bola: 1 a 0 para o Fogão.

O Botafogo continuou buscando o ataque, mas não teve sucesso. A reta final do primeiro foi de pura pressão do Botafogo. Aos 42, Ricardo Goulart contou com falha do sistema defensivo alvinegro e recebeu sozinho pela direita. O meia cruzeirense conduziu a bola e finalizou para fora. No último minuto do primeiro tempo, a Raposa ainda teve mais uma chance para empatar o jogo. Em bola cruzada para área, Marcelo Moreno finalizou para o gol, mas Dória chegou a tempo e travou o chute.

Edilson marcou o único gol do Botafogo na partida contando com a falha do goleiro FábioAlexandre Brum / Agência O Dia

O primeiro minuto do segundo tempo já mostrou qual seria a postura do Cruzeiro: ataque total. Ricardo Goulart recebeu pelo meio, fez lindo drible em cima de Dória, mas foi travado por Junior Cesar na hora da finalização. No escanteio, a zaga alvinegra passou por um sufoco e depois de muito bate e rebate na área, afastou o perigo.

Marcelo Oliveira resolveu apostar em um time mais ofensivo e colocou Willian e Dagoberto. A mudança surtiu efeito e aos 13, Willian finalizou da entrada da área e carimbou o travessão do goleiro Jefferson. A pressão do Cruzeiro deu certo e, aos 15, após cruzamento de Everton Ribeiro, Dedé escorou a bola para o meio da área, o zagueiro Léo dominou e fuzilou para o gol. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar: 1 a 1

Após o gol, o Cruzeiro passou a dominar as ações e a mandar no jogo. O Botafogo optou por se fechar e esperar um contra-ataque. Aos 22, Marcelo Moreno teve boa chance dentro da área, mas finalizou para fora. Aos 24, Jefferson errou na saída de bola e Carlos Alberto perdeu a posse para Everton Ribeiro. O meia cruzeirense driblou Dória e obrigou o camisa 1 Alvinegro a fazer boa defesa.

Com a pressão do Cruzeiro, o goleiro Jefferson começou a brilhar no jogo. Em bola levantada por Everton Ribeiro, a zaga do Botafogo parou e Nilton cabeceou o sozinho. O paredão Alvinegro salvou o gol do desempate e colocou para linha de fundo. No escanteio, Nilton subiu novamente sem marcação e cabeceou no pé da trave direita.

Zagueiro Léo aproveitou cochilo da defesa Alvinegra e empatou para o CruzeiroAlexandre Brum / Agência O Dia

Aos 36 o Botafogo finalmente conseguiu criar um lance de perigo no segundo tempo. Sheik recebeu na entrada área e finalizou à direita de Fábio. No minuto seguinte, a zaga cruzeirense cochilou e novamente o atacante do Botafogo teve a chance de concluir a gol, mas o goleiro da Raposa defendeu com tranquilidade.Nos últimos minutos, Jefferson foi decisivo ao salvar o Alvinegro duas vezes, a primeira em chute perigoso de Dagoberto e depois agarrando firmemente a finalização de Ricardo Goulart.

FICHA TÉCNICA

Botafogo 1 X 1 Cruzeiro

Estádio: Maracanã (RJ)

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Cartões Amarelos: Henrique (CRU), Emerson (BOT) e Edilson (BOT)

Cartões Vermelhos: -

Gols: Edilson (BOT) e Léo (CRU)

Botafogo: Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Gabriel, Bolatti, Edílson e Carlos Alberto (Zeballos, aos 25' 2ºT); Rogério (Júlio César, aos 19' 2ºT) e Emerson / Técnico: Vagner Mancini

Cruzeiro: Fábio, Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique (Willian, aos 8' 2ºT), Lucas Silva e Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Marquinhos (Dagoberto, aos 8' 2ºT); Marcelo Moreno (Nilton, aos 21' 2ºT) / Técnico: Marcelo Oliveira

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia