Contra o Santa Cruz, Pimpão quer ajudar o Botafogo a se consolidar no G-6

Atacante será titular na partida desta quarta-feira, às 21h45, no Arruda

Por renata.amaral

Rio - No papel de centroavante, Rodrigo Pimpão pode recuperar o protagonismo do passado pelo Botafogo contra o Santa Cruz, nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio do Arruda. Xodó da torcida em 2015, o atacante sente o desafio aumentar devido ao sucesso de Sassá, vice-artilheiro do Brasileiro, com 11 gols.

"É uma função em que eu já trabalhei. Sempre digo que, quando estou dentro de campo, em uma posição diferente ou na minha de origem, o responsável sou eu. Tenho que trabalhar a bola e pensar em resolver. É uma posição diferente na qual o Jair (Ventura) pode contar comigo que não tem problema algum", disse Pimpão.

Rodrigo Pimpão e Dudu Cearense serão titulares no jogo do BotafogoVitor Silva / SS Press / Divulgação

Recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, Sassá ainda não está 100% fisicamente e entrou no segundo tempo dos últimos três jogos. Como Vinícius Tanque não agradou, Pimpão ganhará mais uma chance de provar seu valor, assim como mostrou na vitória sobre o Atlético-MG.

"Sassá cresceu muito, como um pai, pessoa. Aprendeu e, quando voltei, vi uma diferença. Principalmente dentro de campo. Pelos gols dele percebe-se a evolução. Torço por ele, que vai ter um futuro brilhante pela frente", destacou Pimpão.

ALERTA LIGADO

Dono da segunda melhor campanha do returno, com 27 pontos, um a menos do que o líder Palmeiras, o Botafogo conhece bem o perigo de enfrentar um adversário na zona de rebaixamento. A derrota para o lanterna América-MG é uma lição que será levada em consideração para o confronto com o Santa Cruz. Depois de entrar no G-6, a equipe promete não vacilar para não perder o privilegiado lugar na tabela.

"Temos que tomar cuidado para não acontecer o que aconteceu lá. O jogo contra o América serviu de lição. Estamos motivados para fazer uma grande exibição contra o Santa Cruz. Não podemos entrar em campo com o pensamento de jogo fácil. Será um jogo difícil como os outros. Um clube com a tradição do Santa Cruz, com torcida, temos que entrar com mais vontade que eles para conseguir o resultado", alertou.

Como visitante, o Botafogo venceu apenas cinco jogos e perdeu oito vezes em 15 rodadas.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia