Mais Lidas

Emerson elogia Luís Fabiano, mas destaca: 'Precisamos vencer o clássico'

Zagueiro do Botafogo comparou Fabuloso a Roger, seu companheiro

Por gabriel.santos

Rio - O clássico entre Botafogo e Vasco promete ser o encontro de duas equipes que vivem situações opostas. Enquanto o Alvinegro vem de vitória na Libertadores, o Cruzmaltino foi eliminado da Copa do Brasil neste meio de semana. No entanto, o zagueiro Emerson ainda espera jogo complicado.

Emerson quer vitória no clássico para manter bom momentoSatiro Sodré/SSPress/Botafogo

O defensor do Botafogo falou sobre a partida contra o Vasco e projetou jogo difícil, dando atenção especial ao atacante Luís Fabiano, principal contratação do clube neste ano.

"Sabemos que eles têm uma equipe experiente. Querem sair o mais rápido o possível dessa situação. E nada como um clássico para reverter isso. O Luis Fabiano é um grande jogador, que temos que marcar de perto. Finalizador nato, igual ao Roger. Clássico é decidido em detalhe. Então temos que cuidar para que essa bola não chegue ao Luis Fabiano. O poder de finalização dele é muito grande."

Emerson também afirmou que o Botafogo precisa disputar os jogos do Campeonato Carioca com o mesmo ímpeto que demonstra na Libertadores, ressaltando a boa fase que o elenco vive.

"Nosso momento é muito bom, com resultados positivos. Temos um clássico muito importante. Temos que levar essa confiança da Libertadores para dentro de campo no Carioca. Nós precisamos vencer o clássico, precisamos fazer excelentes jogos. Estamos fazendo excelentes jogos na Libertadores. Precisamos da mesma entrega no Estadual."

O clássico será disputado nesse domingo, às 18h30, no Estádio Nilton Santos, sendo válido pela segunda rodada da Taça Rio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia