Botafogo joga bem, é valente, mas dá adeus à Copa Sul-Americana

Em Belo Horizonte, time foi derrotado pelo Atlético Mineiro: 2 a 0

Por O Dia

Entre Fábio Santos e Réver, Diego Souza domina a bola e tenta levar o Botafogo à frente: fim do sonho da Sul-Americana
Entre Fábio Santos e Réver, Diego Souza domina a bola e tenta levar o Botafogo à frente: fim do sonho da Sul-Americana -
Belo Horizonte - O Botafogo foi valente, lutou muito e chegou a ser melhor que o Atlético Mineiro, na noite desta quarta-feira, no Estádio Independência, mas não resistiu e acabou eliminado das oitavas de final da Copa Sul-Americana: 2 a 0. O time do técnico Eduardo Barroca já tinha sido derrotado no compromisso de ida (1 a 0), na semana passada, no Nilton Santos, o Galo avançou às quartas e vai enfrentar o La Equidad, da Colômbia.

Agora, o time de General Severiano concentra suas forças apenas no Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, em Santa Catarina, a rapaziada do técnico Eduardo Barroca terá pela frente o lanterna Avaí. É a chance do Alvinegro, enfim, colocar um ponto final na péssima sequência de seis partidas sem ganhar: quatro pela Série A (Grêmio, Santos, Cruzeiro e Flamengo) e dois pela Sula (derrotas para o Galo).

Sendo obrigado a vencer, o Botafogo nem parecia que estava longe de casa. Com bom toque de bola, organização e descidas rápidas pela direita, o time levou muito mais perigo aos donos da casa durante toda a etapa inicial. A melhor oportunidade saiu dos pés de Marcinho, aos 43 minutos, quando ele acertou o travessão do Galo em uma cobrança improvável de falta.

Na etapa complementar, no entanto, inexplicavelmente o Botafogo se encolheu e aceitou a pressão do Atlético Mineiro, quando Otero e Chará resolveram entrar na partida. Encurralado e sem a mesma mobilidade do primeiro tempo, a vaca foi para brejo de vez aos 28. O volante Alan Santos, que entrou na vaga de João Paulo, cometeu um pênalti bobo. Alan Santos cobrou com categoria e abriu os trabalhos. No fim, aos 40, Vinicius aproveitou o contra-ataque e decretou a eliminação do Botafogo.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia