No sufoco, Fogão visita o Santos

Com apenas seis pontos em 30 disputados no returno, time precisa fisgar um bom resultado diante do Peixe

Por O Dia

Valentim
Valentim -

Bateu o desespero. A péssima campanha no segundo turno — seis pontos ganhos em 30 disputados — reaproximou o Botafogo da zona de rebaixamento, e a semana que se inicia pode complicar ainda mais a vida do Alvinegro, que enfrenta dois dos melhores times do Brasileirão. A sequência de pedreiras começa hoje, contra o Santos, às 19h, na Vila Belmiro. Depois, o Glorioso encara o Flamengo, quinta-feira, no Nilton Santos.

Terceiro colocado do Brasileiro, com 55 pontos, o Santos tem sido um pesadelo para os visitantes na Vila Belmiro. Em 14 jogos, venceu dez, empatou três e só foi derrotado pelo Grêmio. Em casa, o time de Jorge Sampaoli tem média de gols superior a dois por partida. Sinal de que Alberto Valentim terá muito trabalho para fisgar o Peixe. Afinal, sua equipe foi vazada em todas as rodadas do segundo turno.

O retrospecto do Botafogo contra as equipes do G-6 também é desanimador: nove derrotas nos nove jogos disputados com Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo, Grêmio e Internacional. Depois da sequência contra o Peixe e o Rubro-Negro, ainda haverá um confronto com o Colorado na antepenúltima rodada, dia 30, no Nilton Santos.

Esperança por Alex Santana

Rezando para conseguir ao menos um pontinho na sequência, os alvinegros também torcem pela plena recuperação de Alex Santana, artilheiro do time na temporada, com dez gols. Depois de sair do banco de reservas contra Grêmio e Cruzeiro, o meio-campista tem chances de ser titular e se tornar a maior esperança de gols do Glorioso.

Fora isso, o técnico Alberto Valentim terá quase todo o elenco à disposição — as exceções são Marcelo Benevenuto e Gilson. A tendência é que faça mudanças em relação à derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro.

Cícero, Yuri, Alex Santana, Marcinho, Gustavo Bochecha, Leo Valencia, Victor Rangel e Fernando estão na lista de pendurados para o jogo de hoje na Vila Belmiro e, caso entrem em campo, correm risco de desfalcar o time no clássico diante do Flamengo. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários