Botafogo é goleado por 4 a 1 pelo Santos na Vila Belmiro

Com péssima campanha no returno, Alvinegro sofre sua terceira derrota consecutiva no Brasileirão

Por O Dia

Igor Cássio comemora o seu gol para o Botafogo, que, no entanto, teve pouco para festejar na goleada sofrida para o Santos na Vila Belmiro
Igor Cássio comemora o seu gol para o Botafogo, que, no entanto, teve pouco para festejar na goleada sofrida para o Santos na Vila Belmiro -
Santos - O Botafogo entrou em campo neste domingo na Vila Belmiro pressionado pela péssima campanha no returno do Campeonato Brasileiro e sofreu mais uma derrota, a terceira consecutiva, desta vez sendo goleado pelo Santos por 4 a 1. Sasha, Marinho e o venezuelano Soteldo (dois) marcaram os gols do Peixe enquanto Igor Cássio descontou para o time de General Severiano. Na 14ª colocação, o Botafogo tem 33 pontos, apenas dois a mais do que o Fluminense, o primeiro time da zona da degola, e terá mais uma pedreira pela frente nesta semana: o clássico diante do líder Flamengo, na quinta-feira, no Nilton Santos.

O Santos dominou a partida desde o início. Logo no primeiro minuto, Marinho soltou uma bomba e o goleiro Gatito salvou o Botafogo. Mas o gol do Peixe não demorou a sair: no minuto seguinte, Carlos Sánchez bateu escanteio pela esquerda, Lucas Veríssimo desviou e Sasha completou para o gol. Vindo de derrotas para Grêmio e Cruzeiro, o Botafogo, sem oferecer perigo, não conseguia reagir. 
Dez minutos depois, o Santos ampliou: Marinho chutou cruzado após fazer fila na defesa do Botafogo e fez 2 a 0 na Vila Belmiro. Ele ainda simulou uma consulta ao VAR na comemoração do gol. O Botafogo melhorou nos minutos finais e conseguiu descontar aos 33 minutos, com Igor Cássio, de cabeça, após cobrança de escanteio pela esquerda, num lance em que Everson falhou na saída do gol. 
O Botafogo por pouco não arrancou o empate aos 21 minutos do segundo tempo: após um erro de Jobson, que havia acabado de entrar, João Paulo chutou e Everson espalmou. Marcinho ainda aproveitou o rebote, mas Jorge mandou para escanteio. Logo em seguida, foi a vez de o Santos ampliar para 3 a 1, num contra-ataque em que a bola sobrou para Marinho, que tocou para Soteldo deixar a sua marca.
Soteldo não demorou para fazer o quarto do Peixe, ao se livrar da marcação. O VAR foi acionado e validou o gol. Soteldo ainda teve a chance de marcar o quinto, ao pegar um rebote e mandar a bola na trave. No fim, clima de frustração na Vila para o Botafogo, que encara uma reta final dramática no Brasileirão.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários