Fogão não acerta com Yaya Touré

Depois de uma longa novela, clube alvinegro e volante marfinense descartam um acerto no momento

Por O Dia

A arrastada novela que se transformou a negociação entre o Botafogo e o volante Yaya Touré terminou, enfim, na noite de ontem. E o fim não foi feliz para o clube de General Severiano. O vice-presidente comercial e de marketing do clube, Ricardo Rotenberg, anunciou via Twitter o desfecho da transação. Apesar de ter chegado a um acordo financeiro com o astro da Costa do Marfim, a dificuldade logística da sua mudança para o Brasil pesou, já que ele reside com a família em Londres, na Inglaterra, e as negociações estão encerradas.

"Conversei hoje por mensagem com o Yaya durante toda tarde e agora por telefone com o seu agente inglês. Yaya nos passou que tem muita vontade de jogar no Botafogo, porém essa é uma decisão muito impactante para ele e família para uma decisão imediata. Mudança para o Brasil", postou o dirigente, completando em seguida: "Na conversa com o agente que, por ora, encerraremos as negociações, porém que as portas estão abertas do Botafogo. Para ficar claro: Yaya não aceitou dizer 'não'", finalizou o dirigente.

Rotemberg não descarta que as partes voltem a negociar um acerto para o Campeonato Brasileiro. No entanto, de acordo com outras pessoas envolvidas nas conversas, essa hipótese não existe.

Thiaguinho já vai embora

Yaya Touré chegou a acertar as bases salariais com a diretoria do Botafogo, e a maior dúvida era a sua chegada imediata ou apenas no meio do ano. O maior problema era convencer a esposa e os filhos do volante a virem para o Brasil, já que eles estão bem adaptados à capital inglesa.

Menos de dois meses após ser apresentado como um dos reforços para 2020, o volante Thiaguinho está de malas prontas para partir. O Corinthians, dono de seus direitos, solicitou seu retorno.

No Botafogo, Thiaguinho atuou em sete jogos: cinco pelo Campeonato Carioca e dois pela Copa do Brasil. A última partida dele pelo Alvinegro foi na segunda fase da competição nacional, quando o time eliminou o Náutico, em Pernambuco, nos pênaltis.

 

Honda já está regularizado

Finalmente com a sua situação regularizada, o apoiador japonês Honda já está liberado para estrear pelo Botafogo. O nome do camisa 4 foi publicado ontem no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

A comissão técnica e a diretoria aguardam pelo sorteio dos mandos de campo da terceira fase da Copa do Brasil, amanhã, a partir das 15h, na sede da entidade. O Glorioso enfrentará o Paraná na próxima fase e, se a partida de ida for no Estádio Nilton Santos, Honda estará em campo. Caso contrário, o japonês dificilmente vai estrear no clássico diante do Flamengo, sábado, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Rio. A partida não será transmitida pela tevê aberta ou fechada.

Outra hipótese é a estreia de Honda ser no compromisso diante do Bangu, no fim de semana seguinte, no Estádio Nilton Santos, também pelo returno do Campeonato Carioca.

Comentários