Por críticas à CBF, Autuori é denunciado pelo STJD e pode pegar 12 jogos de gancho

Técnico disparou contra a arbitragem e a entidade após duelo contra o Flamengo no Brasileirão

Por O Dia

Autuori. Athletico PR x Botafogo pelo Campeonato do Brasileiro no Estadio Arena da Baixada. 09 de Setembro de 2020, Curitiba, PR, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. .Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998.
Autuori. Athletico PR x Botafogo pelo Campeonato do Brasileiro no Estadio Arena da Baixada. 09 de Setembro de 2020, Curitiba, PR, Brasil. Foto: Vitor Silva/Botafogo. .Imagem protegida pela Lei do Direito Autoral Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. -
Rio - Após a partida contra o Flamengo, há duas semanas, o técnico Paulo Autuori, do Botafogo, disparou contra a arbitragem sinalizando um 'favorecimento' ao Rubro-Negro no jogo. De acordo com a Rádio Tupi, CBF e ANAF (Associação Nacional dos Árbitros de Futebol) formalizaram uma notícia de infração no STJD contra o treinador.

Na oportunidade, um pênalti foi marcado para o Flamengo no último lance de jogo, após longa análise do VAR. Gabriel converteu e empatou o jogo já aos 55' do segundo tempo. Além da crítica de uma suposta 'ajuda' ao Flamengo, Autuori afirmou que a atual conjuntura do futebol brasileiro é 'fraca e suspeita'.

O julgamento está marcado para a próxima segunda-feira, na Primeira Comissão Disciplinar, às 14h. Autuori foi incurso nos artigos 243-F (ofensa), 258 (conduta contrária à disciplina ou ética desportiva) e 184 (Prática de duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas). A punição pode ser de 2 a 12 jogos. A multa varia de R$ 100 a R$ 100 mil.

Comentários