John Textor esteve no Nilton Santos em dia de reuniões com sobre a Botafogo SAFVítor Silva / Botafogo

Rio - A diretoria do Botafogo e o investidor norte-americano, John Textor, tiveram um impasse durante a negociação para a assinatura do contrato que está vinculado com a SAF, na manhã deste sábado. Por outro lado, durante o dia os ajustes foram realizados e o acordo pode ser concretizado neste domingo. A informação é do portal "GE".
O impasse ocorreu com a Cláusula de Orçamento Mínimo. Neste caso, o Botafogo planeja que a SAF (Sociedade Anônima de Futebol), invista na folha salarial de futebol 50% da receita da temporada anterior nos primeiros sete anos de contrato. O plano é de que, caso o Botafogo fature R$ 300 milhões em 2022, os gastos de 2023 seriam, no mínimo, com o valor de R$ 150 milhões.
Após a discussão, o Botafogo e John Textor fizeram o ajuste necessário, que aumentaram a expectativa para que a assinatura seja realizada neste domingo a fim de concretizar o acordo.