Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Botafogo deve fazer nova oferta pela permanência de volante

Jogador foi um dos destaques do Glorioso na temporada

Em alta no Botafogo, Luís Oyama já desperta a cobiça de clubes da Série A. O Mirassol, clube detentor dos direitos do atleta, soltou em nota que o Botafogo ainda não os procurou para uma negociação e que conta com o volante para a disputa do Paulistão.Vitor Silva/Botafogo

Rio - O Botafogo ainda não desistiu de manter o volante Luís Oyama em seu elenco. De acordo com o site "GE", após ter sua primeira oferta recusada pelo Mirassol, o Glorioso se prepara para uma segunda investida pelo jogador.
Na época, o Botafogo acenou com uma oferta de R$ 1 milhão parcelado por 28% do atleta, que foi recusada pelo clube paulista. O contrato de empréstimo do jogador ao Botafogo não possuía um valor estipulado para compra, o que dificulta a situação.
Para vender Oyama, o Mirassol quer R$ 3,5 milhões pelos 60% dos direitos econômicos que tem do jogador. O valor é negociável.
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.

mais notícias
Botafogo deve fazer nova oferta pela permanência de volante | Botafogo | O Dia
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Botafogo deve fazer nova oferta pela permanência de volante

Jogador foi um dos destaques do Glorioso na temporada

Em alta no Botafogo, Luís Oyama já desperta a cobiça de clubes da Série A. O Mirassol, clube detentor dos direitos do atleta, soltou em nota que o Botafogo ainda não os procurou para uma negociação e que conta com o volante para a disputa do Paulistão.Vitor Silva/Botafogo

Rio - O Botafogo ainda não desistiu de manter o volante Luís Oyama em seu elenco. De acordo com o site "GE", após ter sua primeira oferta recusada pelo Mirassol, o Glorioso se prepara para uma segunda investida pelo jogador.
Na época, o Botafogo acenou com uma oferta de R$ 1 milhão parcelado por 28% do atleta, que foi recusada pelo clube paulista. O contrato de empréstimo do jogador ao Botafogo não possuía um valor estipulado para compra, o que dificulta a situação.
Para vender Oyama, o Mirassol quer R$ 3,5 milhões pelos 60% dos direitos econômicos que tem do jogador. O valor é negociável.
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.

mais notícias