Presidente do Flamengo promete ir à CBF prestar queixa formal contra arbitragem

Para Bandeira de Mello, atuação de trio de árbitros foi desastrosa e poderia ter prejudicado Rubro-negro no jogo contra Cruzeiro

Por O Dia

Bandeira de Mello promete realizar queixa formal à CBF contra arbitragem da partida entre Flamengo e Cruzeiro
Bandeira de Mello promete realizar queixa formal à CBF contra arbitragem da partida entre Flamengo e Cruzeiro -

Rio - A partida entre Flamengo e Cruzeiro está gerando grande repercussão por conta das reclamações de arbitragem. Maurício Barbieri deixou claro a sua insatisfação pela atuação do juiz durante o confronto e o presidente do Rubro-negro Bandeira de Mello prometeu ir à CBF nesta segunda-feira para prestar uma queixa formal em vídeo contra o chefe Dewson Fernando Freitas da Silva. O dirigente afirmou que aconteceram erros seguidos contra o clube carioca.

"A arbitragem foi calamitosa. Foram noventa minutos de arbitragem com erros sucessivos contra o Flamengo. Felizmente nós saímos com a vitória, mas o resultado poderia ter sido outro. Não tem nada para pedir (na CBF). O que a gente faz é registrar o nosso descontentamento num vídeo com todos os erros. Hoje não foram erros capitais, não teve pênalti inexistente, não teve gol em impedimento, mas foi aquela sucessão de jogadas em que o Cruzeiro sempre tinha direito de ter a posse de bola. Bola dividida que a gente ganhava era falta, bola dividida para eles não era falta, inversão, critérios totalmente diferentes", disse Bandeira para, em seguida, dar um exemplo da, segundo ele, falta de critério de Dewson Fernando Freitas, que estava chefiando a arbitragem.

"No primeiro tempo um jogador deles ficou três minutos sendo atendido dentro de campo pelos médicos, e mesmo quando saíram o jogador continuou em campo. No segundo tempo, num lance parecido, o Henrique Dourado não ficou nem 30 segundos, não precisou ser atendido e teve que sair de campo. Nessas pequenas coisas que a gente vê que a arbitragem foi infeliz. Vamos na CBF, já agendei, e vamos levar um vídeo para comprovar o que estamos falando. É bom que a CBF saiba que o Flamengo está atento", completou o presidente.

O chefe de arbitragem Dewson Fernando Freitas da Silva estava acompanhado dos assistentes Helcio Araujo Neves e Heronildo Freitas da Silva no confronto entre Flamengo e Cruzeiro no Maracanã.