No embalo da Nação, Flamengo tentar reagir no Brasileiro

De volta ao Maracanã, Mengão encara o Vitória e precisa vencer para recuperar o ritmo no Brasileiro

Por Vitor Machado

Everton Ribeiro acredita que o time vá reencontrar o bom futebol
Everton Ribeiro acredita que o time vá reencontrar o bom futebol -

Rio - Na corrida pelo título brasileiro, o Flamengo precisa parar de patinar. Para isso, o time pega a reta inicial do primeiro turno como referência, a fim de retomar o ritmo e voltar à liderança. Contra o Vitória, às 19h30, no Maracanã, pode dar o primeiro passo, no embalo da torcida, que havia comprado, até ontem, 41 mil ingressos. Se quiser cruzar a linha de chegada em primeiro, o Rubro-Negro precisa evitar os tropeços recentes.

Nas 12 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, período antes da Copa do Mundo, o Flamengo obteve oito vitórias, três empates um deles com o Vitória por 2 a 2, no Barradão e apenas uma derrota. Com o aproveitamento de 75%, passou o Mundial na liderança, quatro pontos à frente do Atlético-MG e do São Paulo.

A partir da derrota para o Tricolor Paulista, na retomada da temporada, o time comandado por Mauricio Barbieri começou a derrapar. Em sete partidas, ganhou três, empatou uma e perdeu três conquistou 47,6% dos pontos.

"É o começo do segundo turno e muito importante sair vitorioso deste jogo. Agora não tem espaço para erros. O que ficou pra trás é aprender e não voltar a fazer. Vamos buscar a liderança, que é o nosso objetivo", disse Everton Ribeiro, que vê o time acertando a passada: "Novos jogadores se adaptaram. Estão desenvolvendo bem o futebol. Tropeçamos na questão de entrar um pouco mais atento. No último jogo perdemos em 20 minutos. Temos que aprender. Para um time que quer ser campeão, tem que estar atento sempre."

Diferentemente do início da corrida, desta vez o Flamengo larga atrás, tendo São Paulo e Internacional para ultrapassar. Na quarta rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro, já tem o confronto direto com o Colorado. Antes, o time pega Vitória, 17º colocado, primeiro da zona de rebaixamento, América-MG (10º) e Ceará (19º).

 

Comentários