Chapas favoritas à eleição do Flamengo já têm acordo com Renato Gaúcho

Treinador já disse que comandar o Rubro-negro seria um sonho

Por MARCELO BERTOLDO

Renato Gaúcho
Renato Gaúcho -

Rio - A eleição que definirá o novo presidente do Flamengo para o triênio 2019-2021 será realizada apenas no dia 8 de dezembro. O nome do futuro técnico, no entanto, não é mais mistério: Renato Gaúcho. Em fim de contrato com o Grêmio, o treinador mantém conversas paralelas com os principais candidatos ao pleito, Rodolfo Landim (chapa roxa) e Ricardo Lomba (chapa rosa) e teria sinalizado positivamente para o acerto.

Integrantes da chapa de Rodolfo Landim, que fariam parte do novo comitê de futebol, se reuniram nos últimos dias no Rio com o empresário de Renato, Gerson Oldenburg e chegado a um acordo financeiro, em torno de R$ 1 milhão, com premiações. Membros da chapa de Ricardo Lomba têm um acordo encaminhado nos mesmos moldes.

No Grêmio, o treinador tem vencimento de aproximadamente R$ 730 mil. O contrato teria duração de um ano, que é praxe nos vínculos de Renato Gaúcho, e motivo da dor de cabeça da diretoria do Grêmio, por conta do assédio frequente ao ídolo. No Sul, ainda há esperança, porém, nos bastidores rubro-negros o acordo é tratado como bem encaminhado pelos candidatos da situação e oposição.