Flamengo tem boa oportunidade para virar o jogo

Em má fase dentro de campo e sob pressão nos bastidores, equipe tenta mudar de ares contra o Americano

Por MH

Abel Braga
Abel Braga -

Rio - O Flamengo era um dos times mais badalados na pré-temporada e o primeiro jogo no Campeonato Carioca foi daqueles. Maracanã lotado em um domingo para ver a vitória de virada por 2 a 1 sobre o Bangu, com grande atuação de Diego, uma dos astros da companhia. Exatamente um mês depois, o clima no clube é outro. E bem pior.

A falta de diálogo da diretoria com as famílias das vítimas da tragédia no Ninho do Urubu mancha a imagem rubro-negra. Em campo, a eliminação para o Fluminense ainda machuca. É preciso virar o jogo. A partida de hoje, contra o Americano, às 17h, no Maracanã, vai ser como aquele mergulho para tirar a uruca, na estreia na Taça Rio.

No Fla-Flu da semifinal da Taça GB, o Maracanã ficou lotado para as homenagens aos Garotos do Ninho, em uma demonstração de solidariedade poucas vezes vista. O time perdeu, e de lá para cá, o desempenho do clube fora de campo tem sido ruim. Revoltados, os familiares das vítimas não querem acordo com o clube, que parece fugir da responsabilidade. O vice-jurídico, Rodrigo Dunshee de Abranches, saiu no meio da audiência de quinta-feira. É possível que, caso o resultado não venha cedo, o estádio vire uma panela de pressão.

"Estamos tentando preparar o grupo da melhor maneira possível. E tentando, acima de tudo, resgatar a energia que tínhamos no início do ano. Devido a todos os fatores ocorridos, essa energia não ficou legal, ficou baixa. Mas, a recuperação está muito boa", garantiu o técnico Abel Braga, que vai escalar Arrascaeta como titular, no lugar de Everton Ribeiro, com dores. O uruguaio falhou no jogo contra o Fluminense, perdendo a bola que resultou no gol adversário, mas ganhou carinho e proteção do 'paizão' Abel Braga.

O Flamengo quer vitória no jogo de hoje, mas pensa em "coisas maiores", como a Libertadores: "Com todo respeito que temos, estamos nos preparando para coisa maior. É claro que queremos o Carioca. Mas temos muita consciência que é um grupo forte mentalmente, diferente do ano passado. É um grupo inconformado. E todos estão convictos do que podemos conquistar nesse ano".

LINCOLN FORA DE AÇÃO

Depois de participar com a seleção brasileira na péssima campanha no Campeonato Sul-Americano sub-20, o atacante Lincoln se reapresentou ao Flamengo com uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. De acordo com os médicos do clube, não há prazo para o jogador voltar aos gramados, mas ele deve ficar, no mínimo, dois meses fora de ação.

Comentários