Mais Lidas

Conselheira do Flamengo causa polêmica ao falar sobre time de LoL: 'Nerds autistas'

Marion Kaplan afirmou que não vê o game como esporte

Por O Dia

Equipe de LoL do Flamengo
Equipe de LoL do Flamengo -

Rio - Uma conselheira do Flamengo causou polêmica nos últimos dias. Em uma rede social, Marion Kaplan atacou diversas o time de LoL (League Of Legends) do clube por considerar que ele recebe mais investimento do que futebol feminino e outros esportes olímpicos. Em uma das postagens, ela chegou a definir os jogadores como "nerds da pior espécie".

"Quem diria, hein? Flamengo divulgando um nerd da pior espécie, símbolo do antiesporte, e nada do futebol feminino. Nem uma linha...", escreveu Marion no último sábado.

A discussão voltou à tona no domingo e na segunda-feira, quando a conselheira disse não considerar o game como um esporte e utilizou o termo "autistas" para se referir aos ciberatletas.

"Um nerd que fica horas na frente de uma tela, praticando algo que não é atividade física nem cultural. Não é ao ar livre e não serve para nada. Ou seja, se eu falar "nerd autista da pior espécie" ficou mais claro, não?"

Diante da repercussão negativa, Marion desativou sua conta no Twitter.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários