Flamengo treinou na Gávea hoje - ALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO
Flamengo treinou na Gávea hojeALEXANDRE VIDAL / FLAMENGO
Por O Dia

Rio - No último treino antes de enfrentar a Portuguesa, hoje, às 21h, no Raulino de Oliveira, pela segunda rodada da Taça Rio, o Flamengo precisou voltar às suas raízes, mas por força de obrigação. Sem acesso ao Ninho do Urubu, interditado pela Prefeitura do Rio por causa da tragédia que matou dez jogadores da base, restou ao elenco treinar no antigo estádio da Gávea. E com a presença de alguns torcedores.

Se por um lado faltava a privacidade do Ninho do Urubu, havia carinho de sobra da torcida, que não acompanhava um treino desde abril do ano passado, quando o clube usou o Maracanã na véspera de pegar o Santa Fé, pela Libertadores. Os atletas trabalharam na academia na parte da manhã e só foram a campo à tarde. Ao fim das atividades, pararam para tirar fotos e dar autógrafos aos torcedores.

BRUNO HENRIQUE TITULAR

Abel Braga escondeu a escalação de hoje, mas não deve ser muito diferente da que bateu por 4 a 1 o Americano, no domingo. Bruno Henrique, recuperado de uma virose, deve voltar ao time titular. Resta saber quem perde a vaga. O mais provável é que Vitinho seja sacado, apesar dos dois gols no último jogo.

Uma dos pedidos da torcida é a saída de Willian Arão, recuando Diego para abrir uma vaga no ataque. Além disso, Arrascaeta, que começou o último jogo pelo lado direito, passaria a atuar centralizado, onde se sente mais confortável. Mas a possibilidade disso acontecer é remota, já que esse é o último teste antes da estreia na Libertadores, terça-feira, contra o San José-BOL, na altitude de Oruro (3.700 m), e Abel não deve abrir mão de um jogador de marcação.

Já o meia Everton Ribeiro, apesar de estar recuperado de um estiramento no ligamento do joelho esquerdo, ficou entre os reservas por opção de Abel. Não se sabe se a decisão é definitiva ou se o atleta está sendo preservado para a estreia na Libertadores.

Na defesa, o time não deve ter mudanças em relação ao jogo passado. O zagueiro Rodolfo, que também não enfrentou o Americano, fez trabalho físico em separado do elenco e ainda não deve ter condições de jogo. Com isso, Léo Duarte e Rodrigo Caio continuam formando a dupla de zaga titular.

Você pode gostar
Comentários