Ventilado como possível venda do Flamengo, volante perde espaço com Jesus

Colombiano foi reserva na vitória sobre o Goiás

Por O Dia

Cuéllar
Cuéllar -
Rio - Antes da Copa América, o volante colombiano Gustavo Cuéllar era visto como um jogador que podia nem mesmo retornar ao Flamengo após o fim da competição. Titular absoluto, o atleta era ventilado em clubes europeus. Sem ter a sua transferência concretizada, o volante retornou e agora vê a sua titularidade sob risco com o técnico Jorge Jesus.
Na goleada sobre o Goiás, o jogador ficou no banco de reservas. O português escalou o Flamengo com apenas um volante, Willian Arão acabou sendo a opção de Jorge Jesus. Apesar disso, Cuéllar recebeu elogios do treinador.
“Vocês falam muito do Cuéllar com relação ao Arão. Tanto um, como outro, são jogadores com características diferentes. O Arão é mais forte, faz os treinos comigo a mais tempo enquanto o Cuéllar estava com a Colômbia. De acordo com adversários e o jogo, serão as minhas opções. São grandes jogadores”, disse.
Com a chegada de Gérson, o Flamengo pode ganhar uma dupla de meio-campista que sejam tanto marcadores como bons com a saída de bola, deixando de lado a permanência de um primeiro volante marcador. Na vitória sobre o Goiás, Arão atuou sozinho na cabeça de área, com uma linha de três meias à frente: Diego, Everton Ribeiro e De Arrascaeta.

Comentários