Confiança para a Libertadores

A vitória no clássico elevou o moral do time para buscar a virada sobre o Emelec, quarta-feira

Por O Dia

Rio, 28/07/2019, Flamengo x Botafogo, na foto gol do diego souza, Foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Rio, 28/07/2019, Flamengo x Botafogo, na foto gol do diego souza, Foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia -

A atuação consistente e ofensiva de ontem deu ao Flamengo a força necessária para acreditar na classificação diante do Emelec, do Equador, na próxima quarta-feira. O canto da torcida depois do jogo deu o tom de como tem que ser a postura na Libertadores.

Na opinião do lateral-direito Rafinha, a galera pode chegar junto no Maracanã que o time vai fazer de tudo para levar o Mais Querido às quartas da Libertadores. Para isso, a equipe precisa, no mínimo, devolver os 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.

"O torcedor pode esperar muito mais na quarta, é um jogo importantíssimo e tenho certeza que vamos conseguir essa classificação. A gente precisa dessa vontade, desse algo a mais na frente para furar o bloqueio da defesa do Emelec", disse o lateral.

Satisfeito com o rendimento de seus comandados, o técnico Jorge Jesus celebrou o triunfo em uma semana decisiva na Libertadores.

"Vencemos uma equipe que fez dois gols de bola parada. Nos dois, tivemos falta de atenção. Estou feliz. Precisávamos ganhar. Cheguei a oito pontos do Palmeiras (vice-líder) e agora estamos a três e cinco do Santos (líder)", reforçou Jesus, que lamentou as baixas recentes. "Tirando o Arrascaeta, todas as lesões são traumáticas. O (Rodrigo) Caio fez um teste hoje (ontem) pela manhã e nem era para jogar. Estamos jogando de três em três dias, não dá para recuperar. É o sexto jogo. Há jogadores que estão no limite, tem os que jogaram 540 minutos. Todo jogo troco três, quatro jogadores. Não dá para mudar 11, nem tenho essa ideia. Está mais difícil para trocar. Se não dá para caçar com cão, caça com gato".

 

Galeria de Fotos

Rio, 28/07/2019, Flamengo x Botafogo, na foto gol do diego souza, Foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia Gilvan de Souza / Agencia O Dia
O técnico Jorge Jesus lamenta as baixas que o elenco tem sofrido com as muitas lesões Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Comentários