Gabigol - Gilvan de Souza
GabigolGilvan de Souza
Por O Dia
Rio - Principal nome do Flamengo em 2019, Gabigol tem um temperamento que dá o que falar dentro de campo. Em entrevista à TV Globo, o atacante foi questionado se seu estilo de jogo incomoda os rivais e afirmou não ter entendido a reação dos jogadores do Athletico-PR, que imitaram sua comemoração após eliminarem o clube carioca na Copa do Brasil.
"Tomara que sim. Eu não entendi muito bem a reação deles (jogadores do Athletico) porque sempre fiz essa comemoração para glorificar a Deus e agradecer toda força que me dá todos os dias para levantar, vir ao Flamengo, estar com meus pais, meus amigos e pela força que me dá nos momentos difíceis. Essa comemoração acaba irritando as pessoas, mas levei na boa o que eles fizeram. Todos têm o direito de comemorar. Eu aceito brincadeiras. Se eu incomodo, acho que é porque faço alguma coisa de bom", afirmou o camisa 9.
Publicidade
Perguntado se irá permanecer no Rubro-Negro em 2020, Gabigol foi claro e afirmou que não é uma questão simples.
"Não quero nem pensar nisso (fim do contrato com o Flamengo). Não depende muito de mim. Muitas pessoas no Santos me criticaram muito por sair de lá, mas não houve nem proposta. Acabou o contrato. Tenho mais dois anos de contrato com a Inter, renovei para vir para o Flamengo. Com as coisas que venho fazendo, devem estar vendo lá. Mas não é muito comigo. Quero curtir esse momento no Flamengo, que está sendo muito bom."