Campeão do mundo pelo Flamengo detona atitude de Jorge Jesus: ‘É problema de caráter’

Ídolo rubro-negro também criticou o posicionamento da diretoria do clube; entenda:

Por O Dia

Jorge Jesus
Jorge Jesus -
Goiás - Técnico nos títulos mais importantes da história do Flamengo, a Libertadores e o Mundial de 1981, Paulo César Carpegiani fez um desabafo contra a postura de Jorge Jesus, atual treinador rubro-negro. Em entrevista à "Rádio 730", de Goiânia, ele detonou uma suposta atitude do português.

Para Carpegiani, Jesus foi antiético ao iniciar negociações com o time carioca enquanto Abel Braga ainda comandava a equipe, na primeira metade deste ano. O ídolo rubro-negro disse ainda que no dia 18 de maio, quando Jorge esteve em Belo Horizonte para assistir a partida entre Atlético MG e Flamengo, pelo Brasileirão, as negociações já estavam em andamento. Na época, diversos veículos de imprensa noticiaram que o clube mineiro era quem tinha conversas com o português, o que acabou sendo desmentido por Paulo César.

Onze dias depois, Abel Braga acabou pedindo demissão. Carpegiani classificou tal postura como um "problema de caráter" da diretoria do Flamengo e de Jorge Jesus.

"O que eu não concordo com ele (Jorge Jesus) foi a sua atitude de, justamente num jogo entre Atlético-MG e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, quando ele está em Minas Gerais assistindo ao jogo e toda a imprensa divulgando que ele foi ver o time do Atlético-MG… E, na realidade, do outro lado, ficou comprovado mais tarde com a sua contratação que ele já estava sendo contactado e veio ao Brasil para ver o jogo do Flamengo. A direção errou, também. Os dirigentes… Para mim, é problema de caráter", disparou, emendando na sequência:

"O Abel (Braga) saiu nessa circunstância muito sentido, muito magoado com o Flamengo por esse tipo de atitude. Isso não se faz! A direção e principalmente um profissional da capacidade e da condição de um Jesus, que está à frente de um grande clube, um clube campeão mundial, um clube de grande tradição, com grande torcida… A sua atitude não me satisfaz. Essa atitude foi errada! Problema de caráter!", acrescentou.
Carpegiani foi técnico do Flamengo nas conquistas da Libertadores e do Mundial em 1981 - Reprodução Internet
No entanto, Carpegiani fez questão de elogiar a competência de Jorge Jesus, exaltando também o trabalho do português que levou o Flamengo às semifinais da Libertadores e a liderança do Campeonato Brasileiro.
"Acho que ele faz um enorme sucesso pela sua sabedoria e inteligência. Ele está tendo muito mérito nesse time do Flamengo, que é um belo time, com belas contratações… Faz um belíssimo trabalho", finalizou.

Galeria de Fotos

Jorge Jesus Gilvan de Souza / Agência O Dia
Carpegiani foi técnico do Flamengo nas conquistas da Libertadores e do Mundial em 1981 Reprodução Internet

Comentários