Pés no chão! Presidente do Flamengo rechaça 'soberba': 'Sandálias da humildade'

Mandatário rubro-negro respondeu à declaração de Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, que apontou clima de 'soberba e arrogância' no Rubro-Negro para a semifinal da Libertadores

Por Lance

Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim
Presidente do Flamengo, Rodolfo Landim -
Rio - Após o presidente Romildo Bolzan apontar um ambiente de "soberba" e "arrogância" por parte do Flamengo em relação ao confronto com o Grêmio, em outubro, válido pela semifinal da Copa Libertadores, Rodolfo Landim, mandatário rubro-negro, afastou tal possibilidade. Inclusive, afirmou, nesta terça-feira, que o clube da Gávea vestiu as "sandálias da humildade".

"Flamengo? Instituição? O Romildo é uma pessoa super elegante, não dei da onde ele tirou essa ideia. Mas, isso não existe. O que existe são jogadores focados e a torcida feliz depois de seis vitórias. O ambiente realmente é bom, mas não tem soberba nenhuma, sandálias da humildade", afirmou o presidente Rodolfo Landim, após reunião da sede da Ferj, ao "O Globo".

A declaração de Rodolfo Landim foi dada nesta terça-feira, na sede da Ferj, onde o presidente do Flamengo esteve reunido com outros dirigentes para discutir o assunto clube-empresa.
 
Flamengo e Grêmio fazem a primeira partida da semifinal da Copa Libertadores no dia 2 de outubro, em Porto Alegre, na Arena do Grêmio. A partida de volta será no Estádio do Maracanã, no dia 23 de outubro. Para o confronto decisivo no Maracanã mas de 50 mil ingressos foram vendidos até a manhã desta terça.

Comentários