Mais Lidas

Desbancando Messi e CR7, Gabigol é o segundo maior artilheiro por clubes no mundo em 2019

Em fase espetacular, camisa 9 garantiu melhor ano na carreira faltando mais de dois meses para o fim da temporada

Por O Dia

Gabigol
Gabigol -
Rio - Vivendo melhor momento da carreira, o camisa 9 do Flamengo, Gabigol, é o segundo maior artilheiro por clubes no mundo em 2019, desbancando craques como Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar. Com 31 gols na atual temporada, o atacante do equipe rubro-negra só fica atrás do marroquino Abderazzak Hamdallah, do Al Nassr, da Arábia Saudita, que soma 41 gols no ano.
Goleadores por clubes em 2019:
Abderazzak Hamdallah (Al Nassr - Arábia Saudita) – 41 gols
Gabigol (Flamengo - Brasil) – 31 gols
Carlos Vela (Los Angeles FC - EUA) – 31 gols
Josef Martínez (Atlanta United - EUA) – 30 gols
Messi (Barcelona - Espanha) – 30 gols
Lewandowski (Bayern de Munique - Alemanha) – 29 gols
Germán Cano (Independiente Medellín - Colômbia) – 29 gols
Ibrahimovic (LA Galaxy - EUA) – 27 gols
Agüero (Manchester City - Inglaterra) – 27 gols
Gilberto (Bahia - Brasil) – 26 gols
Eran Zahavi (Guangzhou R&F - China) – 25 gols
Mbappe (PSG - França) – 25 gols
Erik Sorga (FC Flora - Estônia) – 25 gols
Cristiano Ronaldo (Juventus - Itália) - 15 gols
Neymar (PSG - França) - 9 gols
Em fase espetacular, Gabigol marcou 31 gols em 41 partidas disputadas, garantindo o melhor ano na carreira faltando mais de dois meses para o fim da temporada. Além disso, o camisa 9 está a cinco gols de igualar a marca de Hernane como maior artilheiro do Século em uma temporada.
Vale lembrar que Gabigol alcançou feito inédito, marcando gol em todas as últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro. Dos 19 adversários da competição, o atacante entrou em campo contra 15 e deixou sua marca em 12 deles. As únicas equipes que passaram em branco foram, Internacional, Fluminense e Atlético-MG.
Desde que Jorge Jesus assumiu o comando da equipe carioca, Gabigol só não marcou gol em duas partidas, contra o Emelec e Internacional, ambas pela Copa Libertadores. Ao todo, sob o comando do português, o camisa 9 atuou 15 vezes e marcou 16 gols.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários