Kashiwa Reysol negocia com o Flamengo a compra de Matheus Savio de forma definitiva

Meia está emprestado até dezembro deste ano, mas o bom rendimento despertou interesse dos japoneses em comprar o jogador

Por Venê Casagrande

Matheus Savio ao lado de dirigentes do Kashiwa Reysol ao assinar o contrato de empréstimo, em julho
Matheus Savio ao lado de dirigentes do Kashiwa Reysol ao assinar o contrato de empréstimo, em julho -
O Kashiwa Reysol, do Japão, iniciou as conversas para contratar Matheus Savio de forma definitiva. O meia, que está emprestado até dezembro deste ano e tem contrato com o Flamengo até o fim o de 2020, fez boas atuações no Oriente, e despertou o interesse dos japoneses. A negociação está acontecendo de clube para clube, e Bruno Spindel, diretor de futebol, é quem está responsável pelas tratativas no lado rubro-negro.
Para contratar Matheus Savio por empréstimo, o Kashiwa Reysol pagou cerca de R$ 660 mil ao Flamengo e não há cláusula com opção de compra. Os direitos econômicos do meia estão divididos da seguinte forma: o Rubro-Negro tem direito a 50%, o Deportivo Brasil 40% e os demais estão fatiados entre jogador e a 'Magnitude', empresa que agencia a carreira do atleta.
O Flamengo vê com bons olhos uma venda de Matheus Savio, pois não está no planejamento da diretoria o aproveitamento do meia. O jogador, de 22 anos, também avalia como uma boa opção a permanência no Japão, onde está feliz e adaptado.
Matheus Savio chegou ao Kashiwa Reysol em julho deste ano, após fazer um bom semestre pelo CSA, onde atuou também por empréstimo. Em 20 jogos, o meia, que é cria da base do Flamengo, se destacou: marcou sete gols, deu três assistências e ajudou o time a ser campeão do J2 League, a Segunda Divisão do Japão. Veja um dos gols do jogador no vídeo abaixo.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários