Despedida do Maraca com festa e esperança

Flamengo pega o Avaí em seu último jogo no estádio em 2019 com a torcida alegre e de olho na busca pelo bi do Mundial

Por O Dia

Artilheiro do Brasil, Gabigol já marcou 42 vezes na atual temporada
Artilheiro do Brasil, Gabigol já marcou 42 vezes na atual temporada -

Diante de sua torcida pela última vez em 2019, o Flamengo encara o Avaí, hoje, às 20h, no Maracanã, para coroar um ano mágico para a Nação e os jogadores — o sentimento é de gratidão por ambas as partes. Depois dos títulos do Carioca, do Brasileiro e da Libertadores, os rubro-negros ainda têm um pedido para o fim de ano: a conquista do mundo novamente. 

Para diminuir a saudade da temporada vitoriosa, a torcida sonha com a manutenção do elenco e da comissão técnica no ano que vem. Nomes como o técnico Jorge Jesus e o atacante Gabigol, emprestado até o fim do ano, podem estar fazendo a sua despedida. As declarações do camisa 9 aumentaram a preocupação dos torcedores.

"Vai ser especial para mim. Pode ser a última, a gente não sabe. Estou muito animado para esse jogo, espero que esteja com casa lotada. Se eu voltar a jogar, vou ficar muito feliz também", disse o artilheiro do Flamengo na temporada, com 42 gols.

Desde o título da Libertadores da América, que só aconteceu porque Gabigol marcou os dois gols da virada sobre o River Plate, a torcida tem pedido a sua permanência. Mesmo quando não entrou em campo, contra o Ceará, a torcida gritava "Fica, Gabigol" na arquibancada. Hoje, ele não terá a companhia de Bruno Henrique, poupado por Jorge Jesus. Reinier ou Lincoln devem completar o ataque.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Artilheiro do Brasil, Gabigol já marcou 42 vezes na atual temporada Gilvan de Souza
Gabigol Marcelo Cortes

Comentários