Após comemorar como Gabigol, volante do Liverpool diz que não conhece ninguém do Flamengo

Meia foi sincero ao comentar sobre o Rubro-Negro, possível adversário em uma eventual final do Mundial de Clubes

Por O Dia

Volante do Liverpool, Wijnaldum comemora como Gabigol em clássico com o Everton
Volante do Liverpool, Wijnaldum comemora como Gabigol em clássico com o Everton -
Rio - O Liverpool segue atropelando os adversários no Campeonato Inglês. Nesta última quarta-feira, em mais uma bela atuação, a equipe comandada por Jürgen Klopp goleou o rival Everton por 5 a 2, em Anfield. No quinto gol, o meia Wijnaldum comemorou como Gabigol. No entanto, o holandês mal sabe que o atacante atua pelo Rubro-Negro.
Na realidade, Wijnaldum não conhece ninguém do atual elenco do Flamengo, possível adversário em uma eventual final do Mundial de Clubes, no Catar. Perguntado sobre o que sabe do time brasileiro, o meia foi sincero. Em 2014, o jogador passou pela Gávea, quando a Holanda se preparava para Copa do Mundo de 2014.
“Não, na verdade não (conhece o Flamengo). Treinamos no estádio deles em 2014. Sei que o Ronaldinho jogou lá”, comentou o volante.
"Não, na verdade não. Isso é porque ainda estamos na Inglaterra, ainda temos jogos para disputar aqui, então... assim que formos para lá, vamos focar nos nossos adversários de lá. Até lá, vamos focar aqui na Premier League", avaliou.
O Flamengo estreia no Mundial de Clubes no próximo dia 17, quando enfrenta o vencedor do confronto entre Al-Hilal, da Arábia Saudita, e Espérance, da Tunísia. Se preparando para a competição, o Rubro-Negro ainda disputa duas partidas antes de embarcar para o Catar. Nesta quinta-feira, recebe o Avaí, no Maracanã, e encerra a participação no Brasileirão, no próximo domingo, contra o Santos.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários