Confira os perigos que o Flamengo vai enfrentar na fase de grupos da Libertadores

Rubro-negro irá defender o título no ano que vem

Por Lance

Flamengo conquistou a Libertadores em 2019
Flamengo conquistou a Libertadores em 2019 -
Rio - Campeão da Libertadores deste ano, o Flamengo entrará na edição de 2020 como um dos principais candidatos ao título, sobretudo pela final única ter como palco o Maracanã. E, no último dia 19, o clube conheceu dois de seus três adversários na fase de grupos do torneio: Junior Barranquilla, da Colômbia, e Independente Del Valle, do Equador. O terceiro virá das fases anteriores.

O Rubro-Negro está no Grupo A. O Independente Del Valle é quem mais promete dar trabalho, tendo em vista que os equatorianos são os atuais campeões da Copa Sul-Americana - bateram o Colón, da Argentina, na final.

Aliás, Flamengo e Del Valle também se encontrarão na Recopa Sul-Americana - com data a definir, ainda no primeiro semestre do ano que vem. O outro rival será o mesmo da semifinal da Sul-Americana de 2017. Na ocasião, o Fla bateu o Junior e avançou para a decisão (quando perdeu para o Independiente-ARG).

O quarto clube do grupo pode ser Sporting Cristal-PER ou Cerro Porteño-PAR, ou sobreviventes dos duelos entre Carabobo x Universitário-PER e Progresso-URU x Barcelona-EQU. Em tempo: a fase de grupos iniciará dia 4 de março, com o Flamengo encarando o Junior Barranquilla, fora de casa.

VISÃO DE QUEM ACOMPANHA DE PERTO

O LANCE! conversou com jornalistas da Colômbia e do Equador, a fim de recolher uma visão, de quem acompanha de perto, a respeito da fase e valências dos rivais confirmados do Flamengo na fase de grupos. 
JUNIOR BARRANQUILLA
Por José Jiménez (CMI)

- O Junior jogou a semifinal da Sul-Americana contra o Flamengo, em 2017. No ano seguinte, perdeu a final do mesmo torneio contra o Athletico Paranaense e, ainda naquele semestre, deu início à temporada mais marcante do clube, pois foi campeão do Clausura, um mês depois, campeão da Superliga e, cinco meses depois, sagrou-se vencedor do Apertura.

Em dois anos, foram cinco finais, vencendo três e perdendo duas vezes. São os feitos mais históricos do Junior, que é um dos maiores do país atualmente. Aliás, neste mesmo período, foi quem mais investiu no futebol local. Para a Libertadores de 2020, por exemplo, já tem cinco reforços confirmados (os meio-campistas Didier Moreno, Sherman Cárdenas, Larry Vásquez e Cristian Higuita e o atacante Carmelo Valencia). Borja, do Palmeiras, pode vir também. No elenco, tem o Víctor Cantillo, meio-campista que é alvo do Corinthians.

E, sobre poder tirar pontos do Flamengo... Sinceramente, vejo a possibilidade de empatar em Barranquilla, logo na estreia, embora eu ache difícil. Acredito que, com o Flamengo jogando como está, o Junior não incomoda, ainda mais que são muitos jogadores novos. O Junior até tem um time forte, porém não acredito que a equipe de Jorge Jesus vá tropeçar.

INDEPENDIENTE DEL VALLE
Por Luigi Marchelle (Ecuavisa)

- A equipe está atualmente de férias. Como sabem, eles venceram a Copa Sul-Americana jogando em alto nível. É um time muito rápido pelos extremos, que são terríveis nos contragolpes, principalmente John Sanchez. O time, em si, tem muito talento no meio-campo. Diferente da equipe de 2016, esta versão do Independiente tem mais equilíbrio. Vamos aguardar para saber como eles vão resolver as saídas de jogadores importantes como Dájome e León.

Já o ponto fraco tem a ver com a concentração. Eles não conseguem resolver bem alguns jogos, principalmente quando o favoritismo recai sobre eles. Posso destacar também que os Los Rayados del Valle não têm um grande goleador, portanto, dependem mais de todos os outros jogadores indo às redes.

No mais recente Equatoriano, fecharam o torneio sendo eliminados por Delfin, o campeão, nas quartas de final.

Acredito que o Independiente, que há anos explora bem e é vencedor na base, tenha ferramentas para tirar pontos do Flamengo. Na América do Sul, já mostrou que não tem medo dos grandes palcos, como aconteceu diante do Corinthians (em 2019, vencendo na Arena por 2 a 0). A força mental do Del Valle será essencial contra o time carioca. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários