Fla se reforça e vê os rivais tentarem driblar a crise

Rubro-Negro mantém abismo financeiro em relação aos outros grandes do Rio

Por O Dia

Thiago Maia
Thiago Maia -

Antes de a bola começar a rolar, os quatro grandes do Rio têm movimentado a janela de transferências no mercado da bola. Enquanto o Flamengo mantém boa parte do elenco e fortalece o banco de reservas, Botafogo, Fluminense e Vasco tentam driblar a crise financeira para sonhar com uma temporada de conquistas.

Único com 'bala na agulha', o Rubro-Negro prioriza a manutenção da equipe que faturou a Tríplice Coroa (Carioca, Brasileiro e Libertadores) em 2019. Até agora, a situação mais complicada é a de Gabigol. A diretoria já tem um acordo com a Inter de Milão para a compra dos seus direitos, mas ele aguarda novas propostas para definir o futuro.

Entre as caras novas, Pedro Rocha, Gustavo Henrique, Michael e Thiago Maia, este contratado ontem, chegam com o status de reservas de luxo. Pedro também podem se juntar à lista. Já Thiago, ex-Naútico, reforçará o time sub-20.

Sem poder se dar ao luxo de investir alto, o Fluminense priorizou a renovação com peças importantes, casos de Gilberto, Evanilson, Nino e Yuri. Mas perdeu Allan, Caio, Daniel e Yony. Na hora de contratar, o Tricolor apostou na mescla de jovens apostas (Caio Paulista, Yago e Felippe Cardoso) com jogadores experientes (Hudson, Egídio e Henrique), além de olhar para o mercado sul-americano.

Na tentativa de viabilizar o projeto de clube-empresa, o Botafogo aposta na criatividade e segue à risca a política de austeridade financeira. Rescindiu com atletas de altos salários, como Diego Souza e Léo Valencia, e negociou a redução nos vencimentos de Cícero. O Glorioso é o clube que mais se reforçou no Rio: são sete novidades, a maioria vindo da Série B do Brasileiro, com destaque para o atacante Pedro Raul, ex-Atlético-GO.

O Vasco, com salários atrasados, sofre para repor as 13 baixas no elenco, como Richard e Rossi. Por enquanto, o argentino Germán Cano é a única contratação, mas não pôde ser regularizado por causa de uma decisão judicial que impede o clube de registrar novos atletas na CBF. O sonho de consumo é o retorno do zagueiro Dedé, que busca a rescisão com o Cruzeiro.

A prioridade da diretoria, porém, é quitar os salários atrasados de jogadores e funcionários. Esse é um dos empecilhos na renovação do colombiano Guarín, que espera receber os vencimentos para seguir com as negociações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Thiago Maia Divulgação/Lille
Revelação do Campeonato Brasileiro de 2019, pelo Goiás, Michael se apresentará amanhã ao Flamengo Divulgação / Goiás E.C.
Thiago Maia está no Lille, da França, desde 2017 Reprodução/Instagram

Comentários