Mengão quer manter a doce rotina de 2019

Time de Jorge Jesus encara hoje o Athletico-PR, em Brasília, na primeira decisão nesta temporada e sonha repetir conquistas em sequência

Por O Dia

Gabigol
Gabigol -

Nem três meses se passaram desde as conquistas do Brasileiro e da Libertadores, e o Flamengo de Jorge Jesus já pode começar 2020 enfileirando taças. Faminto por títulos, o Rubro-Negro decide hoje a Supercopa do Brasil — duelo entre o campeão brasileiro e o da Copa do Brasil —, contra o Athletico-PR, às 11h, no Mané Garrincha, e inicia uma sequência que pode levar mais três taças para a Gávea em dez dias.

Além do torneio nacional, que volta ao calendário do futebol brasileiro depois de 28 anos, o Flamengo disputa a final da Taça Guanabara (o adversário será definido hoje), sábado, e a Recopa Sul-Americana, contra o Independiente del Valle-EQU, em dois jogos. O primeiro será quarta-feira, em Quito, e o segundo, dia 26, no Maracanã.

Não que o time de Jorge Jesus precise provar que, de fato, é supercampeão, mas a chance de conquistar mais um título nacional enche os olhos do treinador. Obcecado por taças, o português dá muito importância ao torneio, tanto que conquistou o equivalente duas vezes em sua terra natal.

"Com muito prazer que estamos aqui. Vamos disputar um troféu importante entre os vencedores. É um troféu que na Europa valorizamos muito. Todos os brasileiros vão valorizar também", disse Jesus, ao lado da taça, na última coletiva antes de decisão.

Drible sobre renovação

Já em relação à permanência no Rubro-Negro — o contrato atual termina em maio —, Jesus não quis responder às perguntas acerca das conversas para a renovação, que já estão em andamento. O foco agora está nas três decisões que terá neste início de temporada.

"Esse tema não é importante. Importante é a disputa dos títulos, esse que é meu foco. Estamos em três frentes e queremos conquistá-las. Esse é meu objetivo no Flamengo", afirmou o treinador.

Com exceção de Pablo Marí, negociado com o Arsenal, da Inglaterra, Jesus levará a campo a mesma escalação que disputou a decisão da Libertadores e foi titular na reta final do Brasileiro. A maior novidade é o retorno do zagueiro Rodrigo Caio, recuperado de um corte profundo no joelho direito, que fará sua estreia na temporada e formará dupla de zaga com Gustavo Henrique.

Athletico em recontrução

Em fase de reformulação, o Athletico-PR chega à decisão da Supercopa bem diferente de quando faturou a Copa do Brasil, em setembro. Perdas como o Bruno Guimarães, para o Lyon, e o zagueiro Léo Pereira, para o Flamengo, e o técnico Tiago Nunes, que foi para o Corinthians, forçaram uma reconstrução do time paranaense, agora comandado por Dorival Júnior.
O principal "reforço" para a temporada foi a permanência do atacante Rony, muito disputado entre Palmeiras e Corinthians, mas ele ainda é dúvida, já que se juntou ao elenco há pouco tempo. Apesar de reconhecer o favoritismo do Fla, Dorival reforça a confiança no seu elenco. "É uma equipe jovem, porém aguerrida, uma equipe agressiva, que vai procurar criar todas as dificuldades possíveis à grande equipe do Flamengo"

Lateral colombiano na mira

Para fechar a lista de reforços neste início de temporada, o Flamengo busca no mercado um lateral-direito para ser reserva imediato de Rafinha, e o nome da vez é Daniel Muñoz, do Atlético Nacional-COL. Com aval de Jorge Jesus, o Rubro-Negro já abriu conversas com o clube colombiano e tem a concorrência do Palmeiras pelo jogador.

As tratativas ainda estão em estágio inicial, mas o Flamengo leva vantagem sobre o clube paulista na negociação, já que o Atlético Nacional só aceitar vender Muñoz ao Palmeiras caso pague o que deve aos colombianos pela compra de Borja, em 2017.

Bom apoiador, Muñoz chama atenção por ser também um goleador, apesar da função defensiva. Em 24 jogos pelo Atlético, ele já marcou oito gols.

Além de Rafinha, o Flamengo tem João Lucas e Matheuzinho como opções para a posição, mas o primeiro ainda não se firmou, e o segundo, apesar de bem avaliado, integra o time sub-20.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários