Flamengo pode faturar mais de R$ 10 milhões com premiações por títulos em fevereiro

Com o título da Supercopa, o Rubro-Negro ganhou R$ 5 milhões; caso conquiste a Recopa e a Taça Guanabara, o time carioca receberá mais R$ 5,9 milhões

Por Venê Casagrande

Equipe do Flamengo comemora o título de campeão ao fim da partida contra o Athletico Paranaense, válida pela decisão do título da Supercopa do Brasil 2020, realizada no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), neste domingo (16). O Flamengo venceu por 3 a 0.
Equipe do Flamengo comemora o título de campeão ao fim da partida contra o Athletico Paranaense, válida pela decisão do título da Supercopa do Brasil 2020, realizada no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), neste domingo (16). O Flamengo venceu por 3 a 0. -
O mês de fevereiro pode ser histórico para o Flamengo. Em menos de 15 dias, o Rubro-Negro terá a chance de levantar três troféus: Supercopa do Brasil (já conquistado), Recopa Sul-Americana e Taça Guanabara. Além de aumentar a lista de canecos para o museu do clube, o time de Jorge Jesus pode faturar uma bolada: R$ 10,9 milhões. 
Ao vencer o Athletico-PR na decisão da Supercopa, no Mané Garrincha, por 3 a 0, e conquistar o título nacional pela primeira vez, o Flamengo ainda ganhou R$ 5 milhões de premiação. No sábado, o Rubro-Negro terá a chance de levantar mais um troféu, na decisão da Taça Guanabara, contra o Boavista, no Maracanã, às 18h. O prêmio ao campeão do primeiro turno do Carioca é de R$ 500 mil. 
*Vale ressaltar que nos anos anteriores a premiação no Campeonato Carioca era maior. Com a não adesão do Rubro-Negro ao contrato, os valores sofreram redução.
No dia 26, também no Maracanã, o Flamengo disputará o segundo jogo da final da Recopa, diante do Independiente del Valle. A premiação ao campeão do torneio sul-americano é 1,25 milhão de dólares, cerca de 5,4 milhões de reais. O vice-campeão recebe 750 mil dólares, em torno de 3,3 milhões de reais.
O primeiro embate entre Flamengo e Independiente del Valle é nesta quarta-feira, às 22h30, no Equador. Não há critério de gol qualificado fora de casa na Recopa. Ou seja, se o Rubro-Negro perder longe do Rio de Janeiro, por 2 a 1, e vencer no Maracanã por 1 a 0, o título será disputado na prorrogação e, se preciso, pênaltis.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários