Arão e Gabigol puxam o mistão do Flamengo

Técnico Jorge Jesus poupa titulares e escala formação alternativa hoje, no Maracanã, para pegar a Cabofriense na estreia do time na Taça Rio

Por Venê Casagrande

Gabigol foi decisivo no jogo do título da Recopa para o Flamengo
Gabigol foi decisivo no jogo do título da Recopa para o Flamengo -
O torcedor do Flamengo que for ao Maracanã neste sábado para assistir ao jogo contra a Cabofriense, às 18h, na estreia da Taça Rio, vai ver um time bem diferente do que está acostumado. De olho no duelo de quarta-feira, diante do Junior Barranquilla, na Colômbia, pela Libertadores, o técnico Jorge Jesus poupou quase todos os titulares da lista de relacionados. Arão e Gabigol foram os únicos convocados pelo português para o duelo de logo mais.
Sem a presença de nove titulares, fica a expectativa se os jogadores do elenco que ainda não entraram em campo na temporada serão utilizados por Jorge Jesus. São eles: o goleiro Hugo Souza, o volante Piris da Motta e os atacantes Berrío, Lázaro, Lincoln e Pedro Rocha. Dos nomes citados, apenas Lázaro, que faz processo de transição da categoria de base para o profissional, não foi relacionado para pegar a Cabofriense.
No treinamento de ontem, como de costume, Jorge Jesus não deu pistas da equipe que pretende mandar a campo e deixou a imprensa acompanhar apenas os minutos iniciais da atividade. no Ninho do Urubu. Os jogadores que começarão na equipe titular serão comunicados apenas na preleção que acontece no vestiário. A medida é uma característica no futebol europeu e que foi adotada pelo português desde que chegou ao Flamengo.
Gabigol pode bater recorde:
Com o gol marcado diante do Independiente del Valle, na quarta-feira, na decisão da Recopa Sul-Americana, o camisa 9 do Flamengo chegou a 30 e se igualou a Fred, do Cruzeiro, como os maiores artilheiros do 'Novo Maracanã', reinaugurado em 2013.
Como Gabigol provavelmente será titular na partida de hoje, a chance de balançar a rede e superar o concorrente Fred é grande.
Pelo Flamengo, até o momento, Gabigol marcou 27 vezes atuando no 'Novo Maracanã'. Os outros três foram feitos nos tempos em que defendia o Santos, curiosamente sobre o Vasco, maior rival da equipe rubro-negra.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários