Presidente do Flamengo revela que Jorge Jesus abriu mão de parte do aumento salarial para seguir no clube

Mandatário rubro-negro também afirmou que anúncio oficial da renovação acontecerá em breve

Por O Dia

Jorge Jesus (E) e Rodolfo Landim
Jorge Jesus (E) e Rodolfo Landim -
Rio - Na última terça-feira, o técnico Jorge Jesus anunciou que ficaria no Flamengo através de seu perfil oficial no Instagram, para a alegria dos Rubro-Negros. Em entrevista ao Jogo Aberto, o presidente Rodolfo Landim deu detalhes sobre a negociação e explicou porque o Mister ainda não foi anunciado oficialmente pelo clube carioca.
"A gente está ultimando os preparativos para assinatura do contrato e logo que a gente terminar vamos informar aos nossos sócios e a nossa torcida. Foi uma longa negociação que tivemos com ele, mas está chegando ao fim. Tenho certeza que todos vão ficar felizes, de fato a presença do Jesus foi fundamental para a caminhada do segundo semestre. Com títulos em 2019 e já no início desse ano", disse Landim.
O mandatário também revelou que Jorge Jesus abriu mão de parte do aumento de salário que receberia para seguir no Flamengo. Segundo Landim, o acréscimo financeiro foi abaixo do que era projetado pelo clube anteriormente.
"Sobre Jesus, a gente já tinha previsto um valor maior para a renovação dele. Esse foi um dos motivo que a gente ficou conversando e explicou a situação do Flamengo. Ele mesmo abriu mão de parte do aumento que ele ia receber para ser técnico do Flamengo", revelou.
Ainda sobre a renovação de Jorge Jesus, o presidente do Flamengo também garantiu que o anúncio do treinador pelas redes sociais não gerou nenhum tipo de problema interno.
"Não atrapalhou em nada não, ele colocou o “dia do fico” pela história. Ele resolveu fazer igual e foi muito bom. São detalhes que faltam, mas a formalização de todas as ideias no papel. Está perto de assinar o contrato e tornar público para toda nação. De forma nenhuma ficamos aborrecidos com isso", concluiu Landim.

Comentários