Flamengo recusa ofertas milionárias por Yuri César e quer ter o atacante no elenco em 2021

Rubro-Negro chegou a negar proposta de R$ 30 milhões pelo jogador, que está emprestado ao Fortaleza e nunca atuou pelo time profissional da equipe carioca

Por Venê Casagrande

Rio, 11/12/2019, ESPECIAL com o jogador da base do Flamengo Yuri Cesar, foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Rio, 11/12/2019, ESPECIAL com o jogador da base do Flamengo Yuri Cesar, foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia -
Não é só os jogadores do atual elenco do Flamengo que estão sendo cobiçados no mercado. O meia-atacante Yuri César, promessa da base rubro-negra que está emprestada ao Fortaleza até o fim do Brasileirão Sub-20, tem sido constantemente assediado por clubes estrangeiros.
O Flamengo já recusou, ao menos, quatro ofertas de venda desde que Yuri César chegou ao Fortaleza. Além dos valores serem aquém do que a diretoria deseja pelo jovem, caso aceite negociá-lo, há um outro motivo que impede que as transações sejam finalizadas: o desejo de ter o atacante no elenco profissional em 2021.
O Real Valladolid, da Espanha, foi o primeiro tentar a contratação de Yuri César e ofereceu € 4 milhões (R$ 26,4). Em seguida, o Al Ain, dos Emirados Árabes, ofertou US$ 2,5 milhões (R$ 13,7 milhões). No começou de setembro, representantes do Al-Nasr, de Dubai, chegaram a se encontrar com o diretor do Flamengo Bruno Spindel, falaram que estavam dispostos a contratar o meia-atacante, mas o dirigente descartou a possibilidade. 
O último a tentar (e a oferecer a maior proposta) foi o Shabab Al-Ahli, dos Emirados Árabes, que estava disposto a pagar US$ 5,2 milhões, em torno R$ 30 milhões, por 80% dos direitos de Yuri César. O Flamengo descartou e avisou aos seus representantes que, neste momento, o jogador só será vendido se chegar valores "irrecusáveis".
Um outro fator que pesa contra qualquer clube que tentar a contratação de Yuri César é que o Fortaleza, clube que o jogador defenderá por empréstimo até fevereiro de 2021, tem direito a 10% do valor pela "taxa de vitrine", conforme previsto em contrato.
Yuri César comemorando gol com a camisa do Fortaleza - Divulgação Fortaleza
Internamente, o Flamengo entende que o empréstimo de Yuri César ao Fortaleza foi uma tacada de mestre, pois, se continuasse no Rubro-Negro, o jogador dificilmente ganharia oportunidades no elenco profissional. O departamento de análise do clube carioca monitora o jogador e já consegue observar evolução em quesitos importantes, como parte tática, o "saber jogar sem a bola", pois a técnica era algo que o atleta já havia provado que tem potencial.
Um outro ponto que chama atenção em Yuri César é a questão física. O jogador ganhou massa muscular, não perdeu velocidade e raramente se machuca. Diante deste cenário, o Flamengo quer botar em prática o planejamento adotado para a joia, que é utilizá-lo e não precisar ir ao mercado em busca de reforço.
O Flamengo tenta a extensão do contrato de empréstimo de Pedro Rocha, junto ao Spartak, da Rússia, até agosto. Caso não aconteça, Yuri César surge como uma ótima opção caseira para suprir a saída do camisa 32.
Com 20 anos, Yuri César tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2024 e multa rescisória de 50 milhões de euros, cerca de 330 milhões de reais. Neste ano, disputou 21 jogos pelo Fortaleza e marcou cinco gols, ficando atrás apenas de Welington Paulista na artilharia do Leão na temporada.

Galeria de Fotos

Rio, 11/12/2019, ESPECIAL com o jogador da base do Flamengo Yuri Cesar, foto de Gilvan de Souza / Agencia O Dia Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Yuri César comemorando gol com a camisa do Fortaleza Divulgação Fortaleza

Comentários