Hugo Souza - Gilvan de Souza / Agencia O Dia
Hugo SouzaGilvan de Souza / Agencia O Dia
Por O Dia
Rio - Hugo Souza fez mais uma atuação de gala pelo Flamengo. Na vitória por 1 a 0 contra o Athletico-PR pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, o goleiro defendeu um pênalti e garantiu o triunfo para o Rubro-negro carioca. Feito esse que lhe rendeu diversos elogios. 
Publicidade
Para Renato Mauricio Prado, jornalista do Uol, nenhum outro goleiro da base do clube despontou tanto desde Júlio César. 
"Desde Júlio César, nenhum outro arqueiro da base do clube apareceu de forma tão convincente e espetacular (…) Mas, em 44 anos de carreira, confesso, nunca vi surgir um goleiro com o potencial de Hugo Souza, o Neneca. Nem Júlio César apareceu de forma tão impactante. Não sei o que Domènec decidirá daqui para frente. De forma política e compreensível, ele diz que tem quatro ótimos goleiros à disposição. Não é verdade. Ele tem um grande goleiro, Diego Alves, e uma joia de valor inestimável, Neneca.", escreveu em seu blog. 
Publicidade
O jornalista também comentou sobre o fato do que o treinador Domènec Torrent irá ter que quebrar a cabeça para administrar a titularidade no gol rubro-negro. 
"Administrar bem essa disputa entre os dois melhores é um dos grandes desafios do catalão – não custa lembrar que Diego não aceitou ser reserva de César quando o técnico era Dorival Júnior. A torcida, porém, já elegeu o seu titular. E ele se chama Hugo Souza, o Neneca. Se um grande time começa por um grande goleiro, o Flamengo já tem um para chamar de seu. Que trate de não vendê-lo tão cedo, porque propostas do exterior, com certeza, começarão a chover de todos os lados."