Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Dunga justifica ausência de Adriano na Copa de 2010: 'Faltou uma semana de treino no Flamengo'

Treinador diz que chegou a conversar com o atacante sobre seu comportamento

Adriano Imperador  -  Reprodução Instagram
Adriano Imperador Reprodução Instagram
Por O Dia
Rio - Técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, Dunga revelou os motivos que o fizeram optar por não convocar Adriano para a disputa do Mundial. Em entrevista à ESPN, o treinador disse que chegou a conversar com o atacante sobre seu comportamento, mas as ausências frequentes em treinos do Flamengo foram determinantes.
Publicidade
"Eu levei o Adriano no último amistoso e conversei com ele o que eu pensava e coloquei algumas, não digo condições - nós combinamos de ao invés de sair dez, sair cinco, ao invés de beber dez cervejas, tomar cinco. Que tinha que ter um comportamento, que faltava pouco tempo para a Copa do Mundo e nós voltamos daquele jogo, acho que foi na Inglaterra, e ele ficou uma semana sem treinar no Flamengo", afirmou Dunga.
"E aí fica difícil de eu controlar o grupo, de eu controlar a disciplina no grupo, a cobrança ia ser muito grande em cima da seleção brasileira. Agora, sem dúvida nenhuma, era um jogador que, quando entrava em campo ou nos treinamentos, nunca incomodou, treinava o tempo que eu queria, da forma que eu queria, do jeito que eu queria. Nunca teve problema dentro do treinamento (...) Eu queria contar com ele porque um jogador como o Adriano tem o respeito, não só dos adversários, mas também era muito querido pelos jogadores", completou.
Publicidade
Na ocasião, ao optar por não levar Adriano, Dunga acabou convocando Grafite para a última vaga do ataque.
Você pode gostar
Comentários
Dunga justifica ausência de Adriano na Copa de 2010: 'Faltou uma semana de treino no Flamengo' Dunga justifica ausência de Adriano na Copa de 2010: 'Faltou uma semana de treino no Flamengo' | Flamengo | O Dia
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Dunga justifica ausência de Adriano na Copa de 2010: 'Faltou uma semana de treino no Flamengo'

Treinador diz que chegou a conversar com o atacante sobre seu comportamento

Adriano Imperador  -  Reprodução Instagram
Adriano Imperador Reprodução Instagram
Por O Dia
Rio - Técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010, Dunga revelou os motivos que o fizeram optar por não convocar Adriano para a disputa do Mundial. Em entrevista à ESPN, o treinador disse que chegou a conversar com o atacante sobre seu comportamento, mas as ausências frequentes em treinos do Flamengo foram determinantes.
Publicidade
"Eu levei o Adriano no último amistoso e conversei com ele o que eu pensava e coloquei algumas, não digo condições - nós combinamos de ao invés de sair dez, sair cinco, ao invés de beber dez cervejas, tomar cinco. Que tinha que ter um comportamento, que faltava pouco tempo para a Copa do Mundo e nós voltamos daquele jogo, acho que foi na Inglaterra, e ele ficou uma semana sem treinar no Flamengo", afirmou Dunga.
"E aí fica difícil de eu controlar o grupo, de eu controlar a disciplina no grupo, a cobrança ia ser muito grande em cima da seleção brasileira. Agora, sem dúvida nenhuma, era um jogador que, quando entrava em campo ou nos treinamentos, nunca incomodou, treinava o tempo que eu queria, da forma que eu queria, do jeito que eu queria. Nunca teve problema dentro do treinamento (...) Eu queria contar com ele porque um jogador como o Adriano tem o respeito, não só dos adversários, mas também era muito querido pelos jogadores", completou.
Publicidade
Na ocasião, ao optar por não levar Adriano, Dunga acabou convocando Grafite para a última vaga do ataque.
Você pode gostar
Comentários