Rio de Janeiro - 13/10/2020 - Thiago Maia do Flamengo durante partida contra a equipe do Goias no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2020. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia
Rio de Janeiro - 13/10/2020 - Thiago Maia do Flamengo durante partida contra a equipe do Goias no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2020. Foto: Luciano Belford/agencia O DiaLuciano Belford/Agência O Dia
Por Venê Casagrande
Rio - O técnico Rogério Ceni ainda não completou uma semana de trabalho no Flamengo, mas está tendo que lidar com o alto número de jogadores lesionados no elenco. Um deles é Thiago Maia. O volante sofreu uma entorse no joelho esquerdo no empate com o Atlético-GO, no último sábado, preocupa a comissão técnica rubro-negra e só deve retornar em 2021. O jogador, inclusive, foi levado para realizar exames na tarde desta segunda-feira.
Como de praxe, o Flamengo aguarda o resultado da ressonância para confirmar a lesão. Internamente, a notícia caiu como uma bomba, e a comissão técnica de Rogério Ceni já foi comunicada que a contusão do volante é grave.
Publicidade
O atacante Pedro é outro que desfalcará o Flamengo na quarta-feira, contra o São Paulo, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O atacante sofreu uma lesão leve na coxa no jogo da Seleção contra a Venezuela e foi cortado da lista de Tite. Por precaução e evitar problemas físicos maiores, o jogador já sabe que ficará fazendo tratamento no Ninho do Urubu e não embarca para a capital paulista.
Gabigol e Diego têm chances remotas de serem relacionados para a decisão. O atacante fará mais uma avaliação nesta terça-feira. O meia treinou com parte do elenco na atividade de segunda-feira e mantém otimismo para ser convocado por Rogério Ceni.
Publicidade
Rodrigo Caio e Filipe Luís, tal como Pedro, já foram informados pelo departamento médico do Flamengo que foram vetados para o confronto com o São Paulo.

Publicidade