Flamengo x Coritiba jogam pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020 no estádio do Maracanã. Na foto Técnico do Flamengo Rogério Ceni - Daniel Castelo Branco/Agência O Dia
Flamengo x Coritiba jogam pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020 no estádio do Maracanã. Na foto Técnico do Flamengo Rogério CeniDaniel Castelo Branco/Agência O Dia
Por Pedro Logato
Rio - Após três partidas sem vencer, Rogério Ceni finalmente conseguiu o seu primeiro triunfo sob o comando do Flamengo. Em bela noite de Everton Ribeiro e Arrascaeta, a equipe carioca derrotou o Coritiba por 3 a 1 e vai dormir na liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado. O Rubro-Negro chegou aos 39 pontos.
O placar poderia ter sido até mais elástico. A equipe carioca empilhou oportunidades, a grande maioria com Bruno Henrique, mas o resultado positivo e a boa atuação do Rubro-Negro dá confiança para o trabalho de Rogério Ceni antes do confronto diante do Racing, na próxima terça-feira, pela Libertadores.
Publicidade
Sem vencer no Brasileiro há quatro jogos, o Flamengo começou a partida contra o Coritiba mostrando que pode voltar a ser aquela equipe que encantou o Brasil no ano passado. Com apenas dois minutos, bem ao seu estilo, Bruno Henrique abriu o placar para os cariocas. O atacante puxou contra-ataque tocou para Arrascaeta, o uruguaio recebeu e cruzou na medida para o próprio Bruno Henrique cabecear e marcar. 
Com a vantagem no placar, o Flamengo seguiu coordenando a maioria das ações ofensivas na partida pelos minutos seguintes da primeira metade da etapa inicial. A equipe não conseguia criar grandes oportunidades, mas com um posicionamento mais compacto, dificultava qualquer possibilidade de perigo para os visitantes.
Publicidade
Aos 25 minutos, o Flamengo perdeu uma chance incrível. Arrascaeta lançou Bruno Henrique, o atacante ficou cara a cara, tentou passar pelo goleiro Wilson, mas teve dificuldades, quando o lance clareou, o jogador acabou finalizando para fora.
Um minuto depois não teve jeito. Vitinho deu belo passe para Isla, o lateral cruzou na medida para Arrascaeta, que finalizou bem, sem chances de defesa para o goleiro do Coritiba, Wilson. Era o segundo gol do Flamengo.
Publicidade
O Flamengo queria mais e quase fez o terceiro aos 30 minutos. Everton Ribeiro iniciou bela jogada e tocou para Arrascaeta. O uruguaio tocou para Bruno Henrique, que deixou a bola escapar e recuou para Everton Ribeiro, que finalizou bem, para grande defesa de Wilson.
Aos 35 minutos, outra grande oportunidade perdida pelo Flamengo. Isla recebeu de Arrascaeta e desequilibrado tocou para Vitinho, que quase dentro do gol, acabou finalizando para fora. Três minutos depois outra chance. Isla foi no fundo e cruzou, Bruno Henrique cabeceou para dentro da área e Everton Ribeiro apareceu e finalizou na trave. Aos 41 minutos, nova oportunidade para o Flamengo. Após cobrança de falta de Arrascaeta, Bruno Henrique finalizou na trave do Coritiba.
Publicidade
Apenas aos 42 minutos, o Coritiba conseguiu criar alguma oportunidade de gol no primeiro tempo. Robson fez cruzamento rasteiro e a bola passou por toda a área do Flamengo. A bola acabou sobrando para Matheus Sales. O jogador finalizou, mas a defesa rubro-negra bloqueou.
Após o intervalo, a partida recomeçou no mesmo ritmo. Com menos de um minuto da segunda etapa, o Flamengo teve mais uma grande oportunidade de marcar mais uma vez. Everton Ribeiro colocou a bola na cabeça de Bruno Henrique, porém, o atacante cabeceou para fora, raspando a meta do goleiro Wilson.
Publicidade
Aos três minutos, nova chance clara. Gerson lançou Bruno Henrique, o atacante saiu na cara do gol do Coritiba, mas acabou perdendo a chance, após duas finalizações. O goleiro Wilson novamente foi muito bem e dificultou a vida do atacante do Flamengo. 
Aos seis minutos, o Coritiba respondeu. Após cobrança de escanteio de Giovani Augusto, Willian Matheus cabeceou e a bola beliscou a trave do goleiro Diego Alves, assustando o Flamengo.
Publicidade
Após empilhar chances perdidas, o Flamengo começou a reduzir o seu ritmo na partida. Com compromisso importante pela Libertadores, o Rubro-Negro deu um pouco de descanso ao Coritiba, que conseguiu, dessa forma, não levar tanta pressão a partir dos 15 minutos do segundo tempo.
Mesmo em ritmo reduzido, o Flamengo chegou ao terceiro gol. Renê fez bela tabela com Vitinho, levou a bola em direção ao gol e finalizou de forma perfeita com a perna direita, marcando mais um para o clube carioca.
Publicidade
Com a vantagem ampliada, Rogério Ceni decidiu fazer algumas substituições para poupar o seu elenco, que tem desafio importante pela Libertadores na próxima terça-feira. O Coritiba ainda conseguiu diminuir com Mattheus, em um descuido da defesa do Flamengo, mas nada que afetasse a vitória dos cariocas.
FICHA TÉCNICA
Publicidade
FLAMENGO 3 X 1 CORITIBA
Estádio: Maracanã
Publicidade
Cartões Amarelos: Willian Arão (FLA),  Sabino (COR), Rodolfo Filemon (COR), Matheus Sales (COR)
Cartões Vermelhos:
Publicidade
Gols: Bruno Henrique (FLA), Arrascaeta (FLA), Renê (FLA), Mattheus (COR)
FLAMENGO: Diego Alves; Mauricio Isla (Matheuzinho), Léo Pereira, Thuler e Renê; Willian Arão, Gerson (Diego) e Everton Ribeiro (Lázaro); Arrascaeta; Vitinho (Pedro Rocha) e Bruno Henrique (Michael)/ Treinador: Rogério Ceni
Publicidade
CORITIBA: Wilson; Mailton (Jonathan), Sabino, Rodolfo Filemon e William Matheus; Nathan Silva (Mattheus), Matheus Sales, Matheus Galdezani (Yan Sasse) e Giovanni Augusto; Robson (Matheus Bueno) e Osman (Brayan Lucumí)/ Treinador: Rodrigo Santana