Por pedro.logato

Rio - No Fluminense desde 2011, Edinho quase sempre foi titular do Tricolor. Porém, na partida contra o Atlético-MG, o atleta ficou barrado para a entrada de Valencia, que também está há muitos anos no clube, mas convive com muitas lesões.

Edinho vive briga diferente pelo FluminenseDivulgação

Porém, ter ficado como opção no banco não deixou Edinho decepcionado. O jogador afirmou estar tranquilo e elogiou o companheiro de posição.

"O Valencia é um cara fantástico. Já está brigando por posição comigo há anos e, mesmo assim, somos muito amigos. Fico triste pela situação dele. É um jogador de seleção, que vai para a Copa do Mundo. Ele se esforça muito e vai passar por cima disso tudo. Não ligo de ficar no banco, é uma situação em que todos os jogadores já passaram. O importante é estar pronto para entrar quando o professor pedir", afirmou.

Sobre o atual momento, algo incomum para Edinho, que desde que chegou ao Flu só havia frequentado o G-4 do Brasileiro, em 2011 e 2012, o volante permanece otimista com a salvação da degola.

"Estamos numa situação ruim. Não queríamos estar passando por esse momento, mas temos uma chance boa de ficar na Série A. Todos estão focados para fazer um grande jogo e estamos torcendo para que dê tudo certo", concluiu.

Você pode gostar