Cristovão elogia garra da equipe e se prepara para os próximos jogos

Tricolor dá uma pausa no Campeonato Brasileiro e nesta quinta encara o Goiás pela Sul-Americana, no Maracanã

Por jessica.rocha

Rio - Depois da sequência de jogos sem vencer, o Fluminense espantou a crise que andava rondando as Laranjeiras ao vencer o Sport neste domingo no Maracanã. A goleada por 4 a 0 contra a equipe pernambucana fez o time fazer as pazes com a torcida tricolor, e ainda seguir na cola do G-4. O técnico Cristovão Borges fez questão de elogiar a reação de seus jogadores na partida de domingo.

"De tudo o que estava acontecendo, tudo o que passamos, precisávamos dar uma resposta. Jogamos como o Fluminense que jogou a maioria das partidas do Brasileiro. Precisávamos ganhar e jogar bem. Ganhamos, jogamos bem, Fred fez gols, então felicidade total", afirmou o treinador.

Cristóvão Borges elogia garra da equipe contra o SportDivulgação

Ao lembrar do papo que teve com os atletas antes e após a partida, o comandante contou que parabenizou o elenco no fim do jogo.

"Que a resposta viria, tenho certeza, mesmo com todo esse ambiente conturbado, sabíamos que conseguiríamos virar isso. Falei muito neste domingo, quando fomos estudar o Sport, minha palestra era uma só e virou duas. Falamos bastante da realidade que estamos vivendo e lembrando o que nós somos, o que fizemos até hoje. Quem gosta de futebol estava adorando ver o Fluminense jogar. E isso é difícil de fazer. Não saberia dizer que seria dessa forma como foi, não poderíamos perder, iriamos nos distanciar da ponta", afirmou.

 LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

A partir desta quinta-feira, o Fluminense dividirá as atenções entre duas competições. A equipe dará uma pausa do Campeonato Brasileiro e irá estrear na Copa Sul-Americana contra o Goiás, nesta quinta, às 18h, no Maraca. Ao falar da maratona de jogos que terá pela frente, Cristovão afirmou que os jogadores estão preparados.

"Vamos continuar da mesma forma, planejando como na Copa do Brasil. Vamos jogar para ganhar, mas na medida do que pudermos. Tivemos dois jogadores que saíram machucados. Essa semana já não é quarta e domingo, é quinta e domingo. O tempo já diminui, isso faz diferença", finalizou o técnico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia