Mesmo com parte emocional vulnerável, Flu quer brigar por vaga na Libertadores

Levir projetou mais uma vitória para colocar o Tricolor na disputa pelo G-4, junto ao pelotão de frente do Campeonato Brasileiro

Por renata.amaral

Rio - O Fluminense conseguiu, enfim, engatar uma sequência de duas vitórias no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0 sobre o Santa Cruz, no domingo, criou uma atmosfera mais tranquila no clube e o time já passou a projetar voos ainda maiores na competição. Apesar de ver uma instabilidade emocional no Tricolor, Levir Culpi projetou mais um resultado positivo para chegar ao pelotão de frente.

"Esse, pelo menos, foi o nosso objetivo inicial já. Nós chegamos com uma ideia de chegar entre os quatro da Libertadores. Isso é quase que uma obrigação de um time com a tradição do Fluminense. Para chegar tem que ter muita contratação, uma estrutura muito forte, e a estrutura do time não estava tão forte. Nós estamos fortalecendo a estrutura e estamos em condições porque temos um jogo a menos. Se vencermos, já encostamos no pessoal de cima. Então realmente há uma condição de disputa entre os quatro, mas vai ser muito difícil e nós vamos ter que jogar muito mais do que estamos jogando agora", disse Levir, que completou:

Levir projetou o Fluminense brigando por uma vaga na LibertadoresDivulgação

"Somos muito vulneráveis na parte emocional. Muita pressão, vaias jogam o time para baixo. A tendência é reagir, correr e tentar fazer o melhor e aí vem outro resultado negativo e vai pesando."

O Fluminense, oitavo colocado, com 31 pontos, volta a jogar no domingo. O Tricolor encara o Palmeiras, às 16h, no Mané Garrincha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia