No Maracanã, Fluminense vence por 3 a 1 e quebra tabu contra a Chapecoense

Com dois gols de Pedro e um de Marcos Júnior, Tricolor tem primeiro triunfo na história sobre adversário

Por HUGO PERRUSO

Pedro marcou dois gols na vitória do Flu
Pedro marcou dois gols na vitória do Flu -

Rio - Um tabu que teimava em perseguir o Fluminense fez de tudo para ser mantido e uma vitória que parecia tranquila ganhou contornos dramáticos. Então Pedro entrou em cena para acabar de vez com os problemas. Com dois gols do centroavante, o Fluminense enfim derrotou a Chapecoense pela primeira vez na história ao fazer 3 a 1 no Maracanã — Marcos Junior e Arthur também marcaram — e chegou aos 13 pontos no Brasileiro, assumindo momentaneamente a liderança e dormindo no G-4.

Após nove partidas sem vencer os catarinenses, o Fluminense dava mostras de que era dia de acabar o jejum. Em um duelo morno na mesma hora da final da Champions League, o time de Abel Braga foi cirúrgico nas chances que teve para abrir 2 a 0 com certa facilidade.

Pedro, cada vez mais artilheiro tricolor, aproveitou erro de Gilberto para abrir o placar, aos 21. E Marcos Junior ampliou quatro minutos depois, aproveitando falha bisonha do zagueiro Douglas, que encobriu o goleiro Jandrei e deixou o gol livre para o atacante tricolor.

Estava fácil, mas o peso do tabu parece ter influenciado em campo. Do nada, o Fluminense passou a dar espaços em sua defesa e a Chapecoense mandou uma bola no travessão com Canteros e quase diminuiu com Arthur, que não alcançou a bola em boa jogada de Apodi.

Para piorar, Abelão perdeu Gum e Marcos Junior, ambos com problemas musculares. E logo após o intervalo a Chapecoense marcou o gol em uma falta boba na entrada da área: Arthur cobrou, a barreira abriu e atrapalhou Júlio César, aos 4. Os catarinenses só não empataram porque o goleiro tricolor salvou em duas grandes defesas seguidas, em chute de Canteros e de Arthur, no rebote. Mais tarde, Leandro Pereira ainda furou quase embaixo da trave.

Desorganizado, o Fluminense ainda criou chances e desperdiçou todas. Primeiro com Sornoza chutando para fora quase da pequena área, depois com Robinho cara a cara, parando no goleiro e no travessão.

O duelo estava aberto e a Chapecoense pressionava até que Pedro recebeu cruzamento de Gilberto, ganhou do marcador, girou e chutou para fazer o gol do alívio e da vitória por 3 a 1. Merecidamente, o centroavante saiu ovacionado, fazendo juz à música herdada do ídolo tricolor Fred ("O Pedro vai te pegar") e ajudando a torcida a não sentir saudades de Henrique Dourado.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3 x 1 CHAPECOENSE

FLUMINENSE - Júlio César; Gum (Nathan), Renato Chaves e Luan Peres; Gilberto, Richard, Jadson, Junior Sornoza e Marlon; Marcos Júnior (Robinho) e Pedro (Airton). Técnico: Abel Braga.

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral (Leandro Pereira), Márcio Araújo (Nadson) e Héctor Canteros; Arthur Caíke, Guilherme e Wellington Paulista (Bruno Silva). Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Pedro, aos 21, e Marcos Júnior, aos 25 minutos do primeiro tempo; Arthur Caíke, aos 4, e Pedro, aos 41 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marlon (Fluminense); Bruno Pacheco (Chapecoense).

ÁRBITRO - Rafael Traci (PR).

RENDA - R$ 395.375,00.

PÚBLICO - 13.165 pagantes.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Galeria de Fotos

Pedro marcou dois gols na vitória do Flu LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Fluminense vence a Chape por 3 a 1 com gols de Pedro e Marcos Jr. LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Fluminense vence a Chape por 3 a 1 com gols de Pedro e Marcos Jr. LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Fluminense vence a Chape por 3 a 1 com gols de Pedro e Marcos Jr. LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.