Gum já negocia renovação de contrato com o Fluminense

Zagueiro defende o Tricolor desde o ano de 2009

Por

O zagueiro Gum, que está perto dos 400 jogos pelo Flu, desde 2009, é garantia de segurança na zaga
O zagueiro Gum, que está perto dos 400 jogos pelo Flu, desde 2009, é garantia de segurança na zaga -

Rio - Titular absoluto da zaga do Fluminense e, certamente, o nome mais respeitado pela torcida tricolor dentre os atuais jogadores do grupo, Gum está muito perto de alcançar outra importante marca no clube. Ontem, seu empresário, Jorge Moraes, foi ao CT do Fluminense, na Barra da Tijuca, conversar com o vice de futebol Paulo Angioni sobre a renovação de contrato do camisa 3, que acaba no dia 31 de dezembro o Fluminense é dono de apenas 10% dos direitos econômicos.

A tendência é que Gum permaneça no Fluminense, alcançando, dessa maneira, a marca de uma década vestindo a camisa verde, branca e grená. Com 397 jogos, ele é, ao lado de Marcão, o 10º jogador que mais defendeu o Tricolor em 116 anos de história. Além disso, marcou 28 gols.

"Foi uma conversa agradável e vamos ver o prosseguimento, se chegamos a um consenso. Ainda está muito prematuro, mas foi um início das tratativas pela renovação", disse Angioni em entrevista ao site 'GloboEsporte.com'.

Gum, 32 anos, foi contratado em 2009, proveniente da Ponte Preta, para sanar com o problema crônico da defesa, já que naquele ano o time brigou até a última rodada contra o rebaixamento e ganhou o justo apelido de Guerreiros.

A diretoria ainda corre para renovar o contrato de outros jogadores que acabam em dezembro: Julio César, Gilberto (emprestado pela Fiorentina-ITA), Renato Chaves (emprestado ao Al-Wehda-SAU) e Marcos Junior.

MEXICANOS LEVAM OUTRO NÃO

A diretoria do Fluminense recusou ontem uma nova proposta feita pelo Monterrey-MEX pelo atacante Pedro. Os valores não foram revelados, mas a oferta inicial dos mexicanos havia sido de 15 milhões de euros (R$ 72,5 milhões).

O Fluminense, dono de 50% dos direitos econômicos, quer negociar o jogador por, no mínimo, 20 milhões de euros (R$ 96,7 milhões).

 

Comentários