Pedro passará por cirurgia no joelho e não joga mais pelo Fluminense em 2018

Diretor executivo, Paulo Angioni, revelou o futuro do atacante e tranquilizou a torcida: 'Vai voltar em alto nível'

Por O Dia

Pedro passará por cirurgia no joelho
Pedro passará por cirurgia no joelho -

Rio - O Fluminense divulgou, nesta quinta-feira, que o atacante Pedro rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho e terá que passar por cirurgia. O jogador está fora da temporada e ficará afastado dos gramados por pelo menos seis meses. Em entrevista coletiva, Paulo Angioni, diretor executivo do clube, falou sobre a lesão e futuro do atleta. 

"Estou aqui em uma situação extremamente ingrata. Todas as vezes que se tem de falar de algo dolorido se sofre. É para comunicar o Pedro, que vive uma situação de paciente. Há necessidade de cirurgia. É um jovem promissor, mas a vida reserva essas situações. Não sou a pessoa indicada para tratar da questão clínica, mas tivemos a baixa do coordenador médico do clube, o Douglas Santos, em virtude da emergência de uma outra cirurgia", explicou o diretor executivo do clube. 

Paulo Angioni revela futuro de Pedro - LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C

Paulo ainda comentou sobre o futuro de Pedro e uma possível transferência: "Não há chance de ele, após a cirurgia, não voltar ao nível que ele tinha. Vamos dar força a ele e, ao voltar a jogar, certamente renderá bem e, teoricamente, poderá despertar novos interesses de outros clubes", completou.

Segundo o diretor de saúde do Fluminense, Michael Simoni, Pedro também foi avaliado pelo médico Rodrigo Lasmar, da seleção brasileira - o atacante precisou ser dispensado logo em sua primeira convocação em razão do problema físico. "Optamos que o Rodrigo também avaliasse o jogador para dar um feed back à seleção. A avaliação do Lasmar foi feita ontem [segunda]. E ele também julgou necessária a cirurgia."

Pedro sofreu uma entorse com estiramento do ligamento do joelho direito no dia 25, durante a partida contra o Cruzeiro, ao tentar dominar a bola no campo de ataque, aos 46 minutos do segundo tempo, no Mineirão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com Simoni, o prazo de recuperação para casos deste tipo é de seis meses. Ou seja, Pedro só deve retornar aos gramados em março de 2019. "Em geral o tempo de recuperação, é na faixa de seis meses. É uma lesão comum no futebol. Infelizmente, é o que temos. Mas o Pedro tem apenas 20 anos e tenho certeza de que ele vai se recuperar e voltar a sua atividade profissional o quanto antes."

O médico explicou que o clube não revelou mais informações sobre o caso nos últimos dias por pedido do próprio jogador. "Houve um pedido do jogador de que não se mencionasse publicamente as questões médicas", justificou.

Ele explicou também que o intervalo de tempo entre a constatação da lesão e a cirurgia, cuja data ainda não foi anunciada, é normal. "Cabe lembrar às pessoas que questionam esse tempo: cirurgia de ligamento cruzado anterior não deve ser feita de imediato. É necessário de 15 a 20 dias para se recuperar o arco do movimento e o tônus muscular, para evitar uma complicação chamada artrofibrose."

Galeria de Fotos

Pedro passará por cirurgia no joelho Felipe Correia/Parceiro/Photo Premium/Agência O Dia
Diretor de futebol do time tricolor, Paulo Angioni intensifica as negociações para fechar contratações LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C