Mais Lidas

Richard desabafa após marcar pelo Flu: 'Fico emocionado porque sou muito cobrado'

Meia do Tricolor balançou as redes pela segunda vez em 54 jogos vestindo a camisa do clube

Por O Dia

Richard desabafa após marcar pelo Fluminense
Richard desabafa após marcar pelo Fluminense -

Rio - Parabenizado por Marcelo Oliveira pelo gol durante o confronto contra o Deportivo Cuenca, Richard balançou as redes pela segunda vez em 54 jogos vestindo a camisa do Fluminense. Durante coletiva de imprensa, o jogador desabafou.

"Só senti vontade de agradecer a Deus por tudo o que ele tem feito na minha vida. Fico bastante emocionado porque sou muito cobrado por roubar bola, e uma roubada nunca vai ser tão falado quanto um gol que levamos. Quando tomamos gol sou muito cobrado por não desarmar. Vocês sempre comentam bastante gol, mas nunca comentam muito quando roubamos uma bola. Por ter feito o gol me emociono muito", disse.

Durante a partida, o Fluminense voltou a atuar com três defensores. Questionado se prefere jogar no 3-5-2 ou no 4-3-3, Richard afirmou que não faz diferença para ele.

"Para mim não tem muita diferença. Jogamos bastante com o Abel nesse esquema. Eu mesmo pego mais na bola. Depende muito do jogo. O que o professor passar para a gente depende da maneira que ele quiser que joguemos e temos que comprar a ideia", analisou.

O meia pediu a presença da torcida na partida contra o Paraná, na próxima segunda-feira. Assim como o comandante do Tricolor, Richard acredita que o apoio dos torcedores é fundamental.

"Aproveito para fazer um apelo para a torcida comparecer ao jogo de segunda-feira. É importantíssimo a equipe jogar junto. Será um jogo difícil, como contra o Vitória, jogo de paciência, inteligência", completou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia