Fluminense tenta estender vínculo de Yony González, mas crise financeira pode atrapalhar

Atacante colombiano já caiu nas graças da diretoria tricolor, que quer mantê-lo por mais tempo

Por MH

Yony González rapidamente caiu nas graças da torcida tricolor
Yony González rapidamente caiu nas graças da torcida tricolor -

Rio - Com seis gols em 12 jogos, Yony González mostrou credenciais no Fluminense, e a diretoria percebeu rapidamente a importância do atacante para o time do técnico Fernando Diniz. Por isso, arregaça as mangas para mantê-lo por mais tempo, mas esbarra na realidade financeira. De acordo com o site 'Uol', o clube fez uma proposta aos empresários para adquirir 70% dos direitos econômicos do jogador, mesmo com três meses de salários atrasados de parte do elenco. 

Yony González chegou em janeiro após o fim da passagem pelo Júnior Barranquilla, da Colômbia. Ele assinou com o Fluminense até dezembro, e a intenção da diretoria é oferecer um contrato de quatro anos. No entanto, o clube precisa, antes, colocar em dia o salário de parte dos jogadores, principalmente os mais antigos. Alguns ainda não receberam janeiro, fevereiro, 13º e alguns meses de direito de imagem. A situação, portanto, pode emperrar qualquer negócio futuro. O Fluminense também faz força para tentar evitar a saída do atacante Everaldo, que interessa ao Cruzeiro.

O elenco treina na manhã desta terça-feira (12) no CT da Barra da Tijuca, em preparação para o jogo contra o Boavista, quinta-feira, às 20h, em Bacaxá, pela Taça Rio. O Tricolor é o líder do Grupo A, com sete pontos.