Com Fluminense de olho, Nenê aguarda aval de Cuca para definir o futuro

Em baixa, meia tem propostas para sair do São Paulo, mas aguarda liberação do treinador e término do Campeonato Paulista

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Nenê
Nenê -

Rio - Contratado no ano passado para ser o "maestro" do São Paulo, Nenê está em baixa no time e a ascensão dos jovens da base e os bons resultados recentes, aliados a má condição física do experiente meia fazem com que sua situação fique cada vez mais delicada no clube e tudo caminha para que ele seja negociado em breve. Interessados é o que não faltam, mas tudo depende da vontade do técnico Cuca.

A diretoria tricolor já deixou claro que aceitaria negociar o meia, caso algum clube aparecesse interessado em pagar seu salário ou parte do valor. A ideia seria, inclusive, tentar aproveitar a valorização do jogador para tentar uma troca. Foi assim que iniciou-se conversas com o Fluminense, que cederia o jovem Calazans em troca do meia, mas as negociações estão em estado embrionário e foram paralisadas até o término dos Estaduais.

Além do fim do Paulista - do Carioca, caso a negociação com o Fluminense avance - Nenê espera também pela definição de Cuca. O treinador ainda não decidiu, ou não anunciou, se gostaria de contar com o jogador. Na segunda-feira, quando abordado sobre o assunto, o comandante tricolor se esquivou. “Temos de pensar hoje no Campeonato Paulista, então a gente conta com o Nenê e todo o grupo. Depois, é outra situação. Vai ser conversado internamente, inclusive com os profissionais”, explicou.

Além do Fluminense, o Fortaleza, de Rogério Ceni, também manifestou interesse, mas não se empolgou muito pelas questões financeiras, já que Nenê tem um dos salários mais altos do elenco tricolor e o clube cearense não goza de muitos recursos financeiros.

Nenê não atuou nos últimos jogos do São Paulo em razão de dores no joelho esquerdo, mas no clássico com o Palmeiras, pelo primeiro jogo da semifinal do Paulista, ele já ficou no banco de reservas e pode até ser aproveitado no duelo deste domingo, no Allianz Parque.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários