Pressão para evitar pior início de Brasileiro

Contra o Grêmio, no Sul, Fluminense busca a primeira vitória

Por HUGO PERRUSO

Técnico Fernando Diniz
Técnico Fernando Diniz -

Com duas derrotas em duas rodadas, o Fluminense não tinha um início tão ruim de Campeonato Brasileiro há 36 anos. Pressionada pelas atuações e maus resultados, a equipe do técnico Fernando Diniz já precisa a qualquer custo de uma vitória sobre os reservas do Grêmio, hoje, às 19h, em Porto Alegre, para buscar a recuperação na competição nacional e aliviar o clima pesado.

Ao perder para o Goiás, no Maracanã, o Fluminense dificultou mais o seu início de tabela complicado. Com a derrota para o Santos, na Vila Belmiro, teve o pior início do clube na era dos nos pontos corridos, além de ter igualado a campanha de 1983.  

Em 2003, o Tricolor perdeu na estreia para o Criciúma, mas empatou na segunda rodada com o Fortaleza, marcando pelo menos um ponto. Por isso, é preciso ir mais para trás na história, quando em 1983 o Fluminense foi derrotado por Corinthians e CSA. Em 1993, as estatísticas são as mesmas, contra Grêmio e Vasco, mas o clássico foi adiado e só aconteceu um mês depois. Por isso, a segunda partida tricolor naquele ano acabou sendo a vitória sobre o Santos.

Além de 2019 e 1983, somente outra vez na história dos Brasileiros isso aconteceu: com a Máquina Tricolor em 1975 (para Coritiba e Palmeiras). Entretanto, nunca o Fluminense foi derrotado nos três primeiros jogos da competição. Mais um fator que dá importância ao confronto com o Grêmio. Para isso, o Tricolor precisará reencontrar o bom futebol mesmo com a pressão por resultados aumentando.

EVERALDO DE SAÍDA

O atacante vai mesmo para o Corinthians ao término do contrato, dia 17. Um dos representantes de Everaldo, Fabiano Barbosa confirmou ao site Globoesporte.com que finalizou a negociação com o clube paulista. O contrato ainda será assinado, mas a duração deverá ser de quatro anos. Já o volante Yuri, do Santos, depende de exames médicos para ser contratado. Ele chega hoje ao Rio.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários